Itens como tamanho e tipo de conexão devem ser levados em conta na hora da compra

Muitas pessoas buscam duas coisas quando compram um notebook: mobilidade e preço baixo. Essas vantagens, porém, vêm com alguns detalhes negativos. Um deles é o conjunto de alto-falantes, que não é dos melhores em muitos modelos.

Alguns notebooks mais sofisticados vêm com caixas de som de melhor nível, feitas por marcas como Harman Kardon, ou incluem tecnologias que melhoram a qualidade deo áudio, como a Beats. Mas trocar de notebook só por causa das caixas não é uma opção viável para a maioria dos usuários.

Uma solução para contornar o áudio ruim de um notebook é adquirir um par de Caxias de som externas. A seguir, o iG dá dicas para fazer isso.

Veja algumas caixas de som disponíveis nas lojas

Com ou sem fio?

O primeiro passo para escolher as caixas é saber quais conexões seu notebook possui. De nada adianta comprar um alto-falante sem fio se o notebook não for compatível com a tecnologia usada. Também não compensa perder a mobilidade ao comprar caixas de som sem fio que não ofereçam a opção de funcionar com pilhas ou bateria, além da tomada. Existem no mercado modelos que se conectam por Bluetooth com excelente qualidade de áudio e ótima duração da bateria, como as caixas Nokia MD-5W (R$ 369).

Se optar por modelos com fio, prefira modelos que tenham cabos de dados e força que possam ser trocados facilmente. Muitos alto-falantes após poucos meses de uso começam a apresentar falhas no som, devido a fios internos partidos e conectores defeituosos.

Caixas de som que usam somente o cabo USB para receber o sinal de áudio e também energia elétrica são ótimas opções para preservar a mobilidade do usuário. Uma caixa com essas características à venda no mercado é a Philips SPA3251/10 (R$ 60). O único detalhe a considerar é que esse tipo de caixa consome mais bateria do notebook do que uma com alimentação elétrica convencional (tomada). Para evitar nós no cabo, escolha um modelo de alto-falante que não tenha um comprimento exagerado do fio.

Qual o tamanho e forma ideal?

Há uma infinidade de formatos e tamanhos de caixas de som no mercado. Há desde opções em formato de garrafas esportivas para ciclistas (Cycling Speaker MB-S100 - US$ 65) até formatos curiosos para quem quer algo com visual diferente (X-mini II Capsule Speaker - US$ 30).

Para quem viaja muito, as caixas de som compactas são as melhores escolhas (Logitech Z110 – R$ 50). Para quem pode carregar um peso extra e não exige mobilidade, escolher uma caixa maior e com mais graves pode ser a melhor decisão. (Bose SoundLink Wireless Mobile - R$ 1,900).

Os conjuntos de caixas para desktop geralmente conseguem agregar potência e qualidade num só produto (Logitech Z313 – R$ 240). O pacote geralmente conta com um amplificador embutido e um subwoofer separado. Mas só escolha este tipo se realmente dispensa a mobilidade.

Por fim, não confunda tamanho com ser melhor. Muitas caixas de som menores de fabricantes renomados têm qualidade e potência superiores a outras maiores de fabricantes de segunda linha.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.