Conheça os principais aspectos que devem ser observados na hora de adquirir um monitor para diferentes finalidades

Muitas pessoas não prestam atenção ao monitor na hora de comprar um computador de mesa (desktop). Geralmente, os vendedores estão mais preocupados em passar informações sobre a velocidade do processador e a capacidade de armazenamento do micro. Mas, como toda a interação com o PC é feita olhando para o monitor, essa parte do sistema não pode ser ignorada.  

Monitor deve ser levado em conta na compra do PC
Divulgação
Monitor deve ser levado em conta na compra do PC

Quem não tem um home theater pode optar por um monitor com bons alto-falantes embutidos. Mas os quatro principais aspectos que realmente devem ser observados são o tamanho da tela, resolução da tela, conectividade e base ajustável. Veja mais detalhes sobre eles.

Qual o tamanho de tela ideal?

A maioria dos monitores tem telas que variam entre 15 e 29 polegadas. Esta medida corresponde ao tamanho diagonal da tela. Se for preciso algo maior, opte por TVs de LCD ou LED Full HD (1080p), pois elas também servem como monitor.

Quanto maior a tela, melhor a visualização de detalhes da imagem exibida. Porém, para quem sentar perto da tela, o tamanho máximo aceitável do monitor/TV deverá ser de 32 polegadas.

Valores acima deste só são adequados se o usuário ficar sentado longe da tela. Vale lembrar que sempre é bom reduzir o brilho do monitor caso você vá usá-lo bem de perto.

Tabela mostra distância ideal de acordo com tamanho e resolução da tela
Reprodução
Tabela mostra distância ideal de acordo com tamanho e resolução da tela


As telas maiores facilitam a vida de quem precisa ver diferentes aplicativos ao mesmo tempo. Mas para quem trabalha com um aplicativo por vez, uma tela grande muito próxima pode dificultar a visualização de todo o conteúdo numa só olhada.

Com o tempo, isto pode causar um cansaço excessivo no pescoço do usuário. Em locais apertados, um monitor menor será a melhor opção, pois ele ajeitado corretamente sobre uma mesa ou rack pequeno.

Qual a resolução de tela que preciso?

Resolução nativa significa o número total de pixels de uma tela, contados na horizontal e vertical. Pixel é cada ponto que emite uma luz colorida ou branca, em diferentes intensidades.

Com uma maior quantidade de pixels na tela, os objetos pequenos se tornam mais visíveis e tudo o que for arredondado fica com os contornos menos serrilhados. Em resumo, o nível de detalhe da imagem é muito maior.

Se o usuário lida muito com jogos modernos, programas de edição de vídeo/fotografia ou reprodução de filmes em Blu-Ray, a resolução mínima indicada é de 1600 x 900 em monitores e 1920 x 1080 em TVs.

Já para tarefas simples, como processadores de texto e navegar na internet, monitores com 1.440 x 900 já são o suficiente. TVs HD-Ready (1.366x768) não são indicadas pois, apesar de terem uma resolução aceitável, como a tela é maior, os pixels são grandes. Isso acaba prejudicando a exibição de textos com fontes pequenas (até o tamanho 14). Mas, se a ideia é reproduzir apenas vídeos de até 720p, elas são mais do que suficientes.

Quais conexões devem estar no monitor?

Praticamente todos os dispositivos móveis topo de linha já vêm com saídas de vídeo/áudio mini-HDMI. Por isso, procure monitores ou TVs Full HD (1080p) com entrada HDMI. Alguns tablets e smartphones podem transmitir as imagens sem a necessidade de cabos, mas para isso precisam de monitores/TVs que sejam compatíveis com esta tecnologia (DNLA).

No caso do uso de computadores de mesa com saídas DVI ou notebooks com saídas VGA (D-Sub), procure monitores que tenham estas respectivas entradas. O uso de adaptadores (conversores) não está descartado, mas é bom ser evitado para que não ocorram possíveis perdas na qualidade da imagem. Portanto, opte sempre por monitores/TVs com conexões múltiplas de entrada.

Precisa ter base com ajustes de inclinação e rotação?

Muitos novos monitores têm um ótimo ângulo de visão. Isto significa que, mesmo que as pessoas não estejam sentadas exatamente de frente para a tela, a imagem será exibida sem distorções ou escurecimento. Exatamente o contrário do que acontece em monitores de LCD antigos.

Mesmo assim, é sempre bom optar por monitores que possuam uma base articulável. Este recurso possibilita que o usuário ajuste com precisão tela em relação a seu ângulo de visão.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.