Browsers trazem alguns recursos inexistentes no Safari

Fácil de usar e competente para exibir páginas web, o navegador Safari é bom o suficiente para a maioria dos donos de iPhone, iPad ou iPod Touch. Mas quem usa a web mais intensamente no smartphone ou tablet pode se interessar por recursos mais avançados, presentes em alguns navegadores alternativos.

A seguir, o iG mostra cinco desses navegadores. Para baixá-los, basta procurar pelo nome dos aplicativos na App Store.

Skyfire

O grande diferencial do Skyfire está na possibilidade de assistir vídeos em Flash. Constantemente, o desenvolvedor atualiza o suporte a novas páginas da internet que contenham vídeos neste formato.

Alguns recursos presentes são abas (guias), navegação privada, escolha do modo de exibição (iPhone ou desktop) e compartilhamento de páginas em redes sociais. Uma barra (Skybar) localizada na parte inferior da interface mostra quais vídeos da página são compatíveis com o Skyfire. O navegador custa US$ 2.99.

Opera Mini

Entre todos os navegadores alternativos da App Store, sem dúvida o Opera Mini é o maior concorrente do Safari.

Sua principal vantagem é percebida em conexões lentas de internet. Este navegador comprime em até 90% o tráfego de dados. Com isso, ganha-se em desempenho no carregamento de páginas com muitas imagens e em economia do consumo do pacote de dados. A desvantagem é que os textos ficam menos nítidos na tela do que no Safari.

Um recurso oferecido no Opera mini é a discagem rápida de páginas, que permite o acesso a sites favoritos com um clique. O navegador também permite que o usuário passe de uma aba para outra de modo rápido e simples. E há uma função de sincronização de conteúdo com o Opera para desktop. O Opera Mini é oferecido gratuitamente no iTunes.

Mercury Web Browser Pro

Se não fosse pelas falhas do seu gerenciador de download e algumas exibições de páginas com falhas, certamente o Mercury Web Browser Pro seria um dos melhores navegadores para iPhone. Ele é recheado de recursos como modo de tela cheia, modo de navegação privado e importação de favoritos do Firefox.

Mercury tem recursos avançados
Divulgação
Mercury tem recursos avançados

Além desses recursos, o Mercury permite que o usuário mude o visual do navegador. Para fazer isso basta ativar um dos diversos temas visuais oferecidos.

O navegador também conta com um "emulador" de browsers (Internet Explorer, Safari ou Firefox), que permite definir como o Mercury deve ser identificado pelas páginas web.

O navegador ainda reconhece nove gestos multitoque para facilitar seu uso. Então, por US$ 0,99, o Mercury Web Browser Pro pode ser considerado uma pechincha.

Chrome

Depois do Safari, o Chrome é o primeiro dos grandes navegadores a ser oferecido para o iPhone. Logo de cara, ele se destaca pela integração com contas e serviços do Google. Isto permite que favoritos, histórico de navegação e guias sejam sincronizados entre diferentes dispositivos.

Assim como seu irmão maior para desktops, a barra de endereços do Chrome para dispositivos móveis está integrada com o buscador do Google. E o acesso e organização dos favoritos são intuitivos. 

Atomic Web Browser

Apesar do seu grande potencial, o Atomic Web Browser ainda peca em alguns pontos. Sua interface é visualmente pobre e pouco intuitiva. E, até o momento, nenhum bom tutorial de uso foi disponibilizado pelo desenvolvedor.

Por outro lado, este navegador está repleto de recursos avançados, como capacidade para download, navegação privada, integração com o Dropbox e compartilhamento de páginas no Facebook/Twitter. E, como cada centímetro da tela de um smartphone é importante na hora de navegar pela internet, os desenvolvedores adicionaram o recurso de tela cheia.

Existem duas versões: uma paga (Full - US$ 0,99) e outra gratuita (Lite). Algumas dos recursos exclusivos da versão paga são os seguintes: gestos multitoque, abertura simultânea ilimitada de guias, bloqueador de propagandas, emulação dos grandes navegadores, importação de favoritos do MAC e diferentes temas visuais para escolher.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.