São exemplos infográficos que mostram a atividade em redes sociais como o Twitter, com base na quantidade e conteúdo das postagens


Por Daniel Pavani

Uma empresa americana vem ganhando terreno na internet com a criação de infográficos que utilizam dados da internet. O site Visual.ly organiza estes dados graficamente, indicando dados estatísticos, comparando número de postagens e perfis de postagens no Twitter, navegadores que acessam a rede, e muitas outras informações.

O site Mashable explica que o Visual.ly espera ser um repositório de informações graficamente organizadas na internet, sendo utilizado por editores, pesquisadores, empresas e usuários comuns. O site já conta com mais de 2 mil infográficos gerados em seu banco de dados e mais de 60 mil usuários que concordaram em utilizar o serviço enquanto beta.



O Mashable explica ainda que o Visual.ly conta com três fatores importantes para seu funcionamento: seu motor de busca dos dados da internet, sua base de dados interna com dados de agências do governo e organizações sem fins lucrativos, e sua interface simples, que não exige que os usuários tenham habilidades em design gráfico.

Os dados utilizados podem ser de diversos tipos, desde dadas de estatísticas do esporte, a flutuações do mercado financeiro, até postagens em redes sociais como o Twitter e o Facebook. O co-fundador da empresa, Stew Langille, conta que eles sabem que estão entrando em algo grandioso e afirma que o site deve entrar em total funcionamento em alguns meses.

Twitter

O processo para a construção do infográfico do Twitter é bem simples, por exemplo. Basta o usuário autorizar o Visual.ly a acessar sua conta no microblog e indicar se ele quer um gráfico pessoal ou um confronto com algum outro usuário ou celebridade. O site demora alguns minutos para realizar a leitura dos dados, de acordo com a quantidade de tweets dos envolvidos, é claro.

O infográfico abaixo, que mostra duas das maiores celebridades do Twitter no Brasil ( @rafinhabastos ) e nos Estados Unidos ( @aplusk ), demorou alguns bons minutos para ficar pronto.

Siga o iG Tecnologia no Twitter Siga o iG Tecnologia no Twitter

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.