Confira os conselhos de programadores experientes para criar programas para smartphones

Para se ter sucesso no mercado de aplicativos para smartphones é preciso ter vontade de aprender e ficar atento a alguns detalhes. Confira abaixo 12 dicas que os desenvolvedores consultados pelo iG recomendam para quem quer criar aplicativos:

- Comece desenvolvendo aplicativos mais simples, como listas de tarefas. Jogos, principalmente aqueles que utilizam uma lógica própria, exigem mais horas de trabalho e maior investimento;

- Pesquise a melhor maneira de ganhar dinheiro com o aplicativo antes de desenvolvê-lo. Na App Store, da Apple, aplicativos pagos tem maior potencial do que no Android Market;

- Ao desenvolver para Android, verifique quais versões do sistema são as mais populares e certifique-se que o aplicativo funciona em todas elas. Atualmente, a versão mais utilizada em todo o mundo é a 2.2 ou Froyo, seguida pela 2.3 ou Gingerbread;

- Considere disponibilizar o aplicativo gratuitamente e ganhar dinheiro com inserções de publicidade, em que é preciso apenas incluir algumas linhas de código no programa ou vender conteúdo por meio do próprio aplicativo;

- Procure ouvir as sugestões dos usuários do seu aplicativo e incorporar as mais importantes;

iOS e Android são as duas plataformas mais populares entre os desenvolvedores
Getty Images
iOS e Android são as duas plataformas mais populares entre os desenvolvedores
- Depois de aprender a desenvolver aplicativos para iPhone, por exemplo, tente aprender para Android e vice-versa. Disponibilizar o aplicativo em mais plataformas aumenta as chances de sucesso. O mesmo vale para idiomas;

- Existem ferramentas que permitem converter aplicativos de uma plataforma para outra, sem que seja necessário desenvolver o código do zero. Ao conhecê-las, o desenvolvedor economiza tempo;

- Verifique se o seu aplicativo funciona nas especificações oferecidas pelos aparelhos, como processador e memória. A preocupação, que desapareceu para programadores de programas para PCs, precisa ser retomada;

- Independente de a loja de aplicativos exigir ou não que eles atendam a padrões de qualidade, teste o aplicativo em uma grande variedade de aparelhos. Lembre-se que é o próprio desenvolvedor quem oferece suporte para os usuários;

- Se o foco do seu aplicativo são funcionários de empresas, é importante considerar desenvolver uma versão para smartphones BlackBerry, muito popular entre executivos;

- Aprenda a desenvolver não só aplicativos para smartphones, como também para tablets, que devem ganhar mercado nos próximos anos;

- Além dos aplicativos, criar aplicativos baseados em web, os chamados web apps, também é tendência. Trata-se de uma página web desenvolvida para “imitar” a interface de um aplicativo. A vantagem é que usuários de qualquer smartphone podem acessar web apps por meio do navegador.

    Leia tudo sobre: aplicativo
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.