Serviços tentam dar sabor único à linha Lumia, já que Samsung e HTC também vendem aparelhos com Windows Phone no Brasil

Depois de três anos nos Estados Unidos, onde trabalhava no escritório da Nokia, Daniel Rocha recebeu um convite para voltar ao Brasil. Aqui, ele teria o desafio de colocar em prática a nova estratégia, depois que a Nokia se tornou parceira da Microsoft e adotou o Windows Phone como plataforma oficial para a linha de smartphones. “A ação está toda aqui, por isso decidi voltar”, diz Rocha.

Daniel Rocha tem o desafio de encher Windows Marketplace de aplicativos locais
Divulgação
Daniel Rocha tem o desafio de encher Windows Marketplace de aplicativos locais

Após fazer a mudança para São Paulo, Rocha passou a viajar pelo Brasil para acelerar o desenvolvimento de aplicativos para Windows Phone: ele promove treinamentos para desenvolvedores em universidades, ao mesmo tempo em que coordena o desenvolvimento de aplicativos criados pela própria Nokia para o Windows Phone. “Estamos trazendo aplicativos super locais, inclusive de parceiros, que possam ajudar os usuários no dia a dia”, diz Rocha.

Os investimentos em aplicativos locais são parte da estratégia da Nokia para diferenciar os smartphones da linha Lumia de modelos de outros fabricantes, também com o Windows Phone. Até agora, o Lumia 800 e Lumia 710 enfrentam a concorrência do Omnia W, da Samsung, e do Ultimate, da HTC. Os dois aparelhos chegaram primeiro ao Brasil, ainda nos últimos meses de 2011.

Mapas

Até agora, a empresa lançou no Brasil três aplicativos próprios, com informações que consideram o local onde o usuário está. O último que chegou ao Windows Marketplace, loja de aplicativos da Microsoft, é o Nokia Transporte, que permite localizar opções de transporte público em seis cidades brasileiras. “Ele mostra informações como os horários da balsa em Bertioga e permite traçar rotas usando as linhas de metrô”, explica Rocha.

O Nokia Transporte está disponível desde o final de março nas cidades de Belo Horizonte (MG), Bertioga (SP), Curitiba (PR), São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre (RS). Atualmente, o aplicativo permite traçar rotas que considerem redes de metrô e trem, mas as informações sobre as redes de ônibus ainda não estão integradas. A Nokia pretende incluir, ainda, informações sobre linhas de ônibus especiais, como as que servem aeroportos. Atualização (17/04/2012 - 11h33): A Nokia informa que o aplicativo Nokia Transporte ficará fora da loja de aplicativos por alguns dias para correção de problemas.

Além do Nokia Transporte, desde setembro a Nokia também disponibilizou os aplicativos Mapas e Dirigir. Este último oferece navegação GPS com alertas por voz. Todos os aplicativos, no entanto, são exclusivos para smartphones da linha Lumia e podem ser acessados apenas por meio desses aparelhos. “Os mapas são um diferencial da Nokia. Vamos usar a mesma base que já oferecíamos no Symbian”, diz Rocha. Até agora, a Nokia lançou apenas dois aparelhos no Brasil, o Lumia 800 e o Lumia 710.

Os mapas da Nokia também devem ser integrados, em breve, ao serviço de mapas da Microsoft , o Bing. Uma das partes do acordo entre a Nokia e a Microsoft é a integração entre as bases de dados, o que inclui mais de 3 milhões de pontos de interesse – apesar de oferecer muitos dados deste tipo nos EUA, o Bing Mapas é carente de dados locais de países como o Brasil. Segundo Rocha, o trabalho deve levar algum tempo para ficar pronta, já que é preciso unir a plataforma da Nokia com a da Microsoft, então não há previsão de lançamento.

Música

A Nokia também colocou em seus smartphones Lumia uma loja de músicas por download, que já estava disponível para outros aparelhos com Symbian. Por meio dela, é possível baixar músicas para o aparelho a partir do acervo da Nokia que inclui cerca de 15 milhões de música, inclusive de artistas nacionais como Paula Fernandes e Tim Maia. Para baixar músicas, basta criar uma conta da Nokia e informar um número de cartão de crédito – assim como na iTunes Store, loja de músicas da Apple.

Serviços de música por assinatura também estão no radar da Nokia. “Não temos nada para anunciar ainda, mas devemos lançar algo em breve no Brasil”, disse Dominick D´Annibale, gerente global de produtos da Nokia, em um bate-papo recente com jornalistas. Em 2009, a empresa havia lançado um serviço para alguns modelos da marca chamado “Comes with Music” , que permitia baixar um número ilimitado de músicas nos primeiros 12 meses após a compra. Apesar de ter alcançado certo sucesso entre os usuários, o serviço está desativado atualmente.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.