Aparelho deve ser apresentado no início de setembro

Setembro se aproxima e a expectativa por novidades da Apple aumenta. A empresa deve apresentar novos produtos no dia 12 de setembro, e uma nova versão do iPhone é dada como certa por sites especializados e analistas.

Leia também:
Apple pode enfrentar concorrência com iPad menor

O novo iPhone terá a missão de manter a Apple competitiva no mercado de smartphones de ponta. Lançado em outubro do ano passado, o iPhone 4S foi um sucesso de vendas, mas decepcionou alguns fãs e analistas devido às poucas novidades em relação ao modelo anterior.

Supostas fotos do novo iPhone mostram parte traseira em metal
Reprodução
Supostas fotos do novo iPhone mostram parte traseira em metal

De lá para cá, o cenário ficou ainda mais competitivo. Uma nova geração de celulares com Android, liderada pelo Galaxy S III , reforçou a liderança do sistema do Google no mercado e a versão 4.1 do Android trouxe alguns recursos mais avançados do que os da Apple, em determinadas áreas.

Assim, espera-se que no dia 12 de setembro a Apple anuncie um aparelho para brigar de igual para igual com os melhores smartphones com Android. A seguir, você confere uma lista de possíveis recursos do novo iPhone.

Mais fino

Rumores dão conta de que novo iPhone usaria uma tecnologia da Sharp chamada in-cell . Essa tecnologia produz telas que detectam o toque do usuário de modo nativo, sem a necessidade de uma camada extra de sensores, como ocorre atualmente. Com isso, a tela do aparelho pode ser mais fina, o que permitiria a redução da espessura em alguns milímetros. Fontes dão conta que a Sharp j á iniciou a produção das novas telas .

Mais comprido

Há vários meses, sites especializados vêm sugerindo que o próximo iPhone será mais comprido e terá tela de cerca de 4 polegadas (o iPhone 4S tem tela de 3,5 polegadas).

Esses rumores ganharam força no início deste mês, com a liberação de uma versão de testes do iOS6 (sistema operacional do iPhone) para desenvolvedores.

Como noticiou o 9to5Mac , o novo iOS trabalha com resolução de 1.136 x 640 e tem suporte para cinco linhas de aplicativos na tela inicial, uma linha a mais do que o iPhone atualmente suporta. Não há mudança no número de colunas, o que indica que a medida horizontal do aparelho não deve mudar.

Se esses rumores se confirmarem, o novo iPhone deve ter tela de 4 polegadas e será mais comprido do que o atual, mas não haverá mudança na largura.

Novo conector

Alguns sites dão conta de que o novo iPhone deve ter um conector menor do que o atualmente usado nos aparelhos da Apple. A Apple aproveitaria o lançamento do novo iPhone também para lançar uma versão modificada do iPad com o conector menor.

Se este for mesmo o caso, será uma baita dor de cabeça para quem tem muitos acessórios para o aparelho, pois seria necessário comprar um adaptador para usá-los no novo iPhone. 

Câmera mais sofisticada

Recursos da câmera Lytro podem aparecer no novo iPhone
Divulgação
Recursos da câmera Lytro podem aparecer no novo iPhone

No livro Inside Apple, o escritor Adam Lashinsky afirma que, em seus últimos meses de vida, Steve Jobs teria se reunido com o malasiano Ren Ng, criador das câmeras Lytro , lançadas em abril deste ano nos Estados Unidos.

Leia também:
Análise: Lytro, uma câmera para o futuro

Essas câmeras permitem que o usuário tire a foto sem se preocupar com o foco. O foco é feito depois, por meio de software, na tela da câmera ou do computador.

Essas supostas reuniões entre Jobs e Ng indicariam que o iPhone poderia incorporar a tecnologia de foco das câmeras Lytro.

Chip de celular menor

Rumores dão conta de que o próximo iPhone pode funcionar com chips de celular do padrão nanoSIM, um formato menor do que o atual microSIM usado no iPhone 4S e no iPad. 

A Apple tem um longo histórico de forçar a adoção de novos padrões. O próprio formato microSIM de chips de celular foi primeiramente adotado no iPhone 4 e hoje aparece também em smartphones de outras marcas.

Suporte a redes 4G

O suporte para redes de celular 4G já era esperado no iPhone 4S, mas isso não ocorreu. É praticamente certo que o novo iPhone tenha suporte para 4G. Evidentemente, esse recurso só funcionará em países em que esse padrão já funciona. No Brasil, o leilão das frequências 4G foi feito em junho deste ano e espera-se que o serviço esteja funcionando em algumas cidades até 2014.

Veja também:
Galeria de fotos com acessórios curiosos para iPhone


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.