Depois de forte investimento para apresentar modelos mais avançados, empresas querem oferecer mais opções para quem procura o primeiro smartphone

Na edição de 2012 do Mobile World Congress (MWC), as estrelas foram os smartphones mais avançados, com chips de alto desempenho e telas reluzentes. Mas na edição 2013, que terminou  na última quinta-feira (28), a história foi diferente.

Veja a cobertura completa do MWC 2013

Embora os smartphones topo de linha estivessem presentes no evento, a maior parte dos lançamentos indica mudanças na estratégia dos fabricantes: além de conquistar o público ávido por inovação, eles querem os novatos no mundo dos dispositivos móveis.

Galaxy Fame chega ao Brasil em abril
Claudia Tozetto/iG
Galaxy Fame chega ao Brasil em abril

Bastava dar uma volta pelo principal pavilhão do MWC para constatar o fato. No estande da Samsung, por exemplo, os principais lançamentos, com exceção do tablet Galaxy Note 8.0, tinham foco em usuários que querem um aparelho com Android sem ter que gastar muito.

A empresa lançou três novos celulares. Entre eles, o Galaxy Young e o Galaxy Fame são os mais baratos e chegarão ao Brasil em abril, na faixa dos R$ 700.

A configuração dos aparelhos é similar, mas o Fame é um pouco mais avançado, já que oferece uma câmera de 5 megapixels na parte traseira e outra câmera frontal VGA para videochamadas. Ambos os rodam a versão 4.1 do Android e têm processador de 1 GHz e tela HVGA, mais simples do que a de modelos com telas de tecnologia AMOLED.

A preocupação da Samsung com estes usuários começou já no ano passado, quando a empresa  lançou o Galaxy Y no Brasil. O aparelho, que custa R$ 360 e foi bem avaliado nos testes do iG , foi sucesso de vendas no Brasil. “Vendemos mais de 1 milhão de unidades do Galaxy Y só em 2012”, diz Roberto Soboll, diretor de produtos de telecom da Samsung, em coletiva de imprensa realizada durante o MWC 2013.

Celulares “baratinhos” evoluem

A LG é outra empresa que está dando mais atenção a estes usuários, com a renovação da linha Optimus L, que inclui três modelos de smartphones básicos. A geração atual, que está à venda no Brasil, tem preços abaixo de R$ 1 mil. Na nova versão, lançada pela empresa no MWC 2013, os smartphones ganharam um design mais refinado, com bordas metálicas e iluminação de LED no botão “home”. A nova série chega ao Brasil esse ano, segundo a LG.

O aparelho mais avançado da linha, o Optimus L7 II, chegará ao mercado com processador de 1 GHz com dois núcleos – tecnologia que só estava presente em smartphones mais avançados. O produto também ganhou tela de 4,3 polegadas, câmera de 8 megapixels e bateria de longa duração. A LG ainda não anunciou qual será o preço do novo produto, nem quando ele chegará ao Brasil.

Outra novidade é que, a partir deste ano, os smartphones da linha Optimus L também ganharão versão com suporte a dois chips. Segundo os fabricantes de smartphones, a demanda por estes aparelhos, também conhecidos como Dual Chip, é crescente em países como Brasil, Índia e Rússia.

Sony entra na briga pelo Dual Chip

A Sony, fabricante dos smartphones da linha Xperia com sistema Android, também quer uma fatia deste mercado, até então inexplorado pela empresa. Em entrevista exclusiva ao iG durante o Mobile World Congress 2013, Ana Peretti, diretora de marketing da empresa para a América Latina, adiantou que a empresa lançará dois smartphones de baixo custo no Brasil , sendo um deles com suporte a dois chips.

O Xperia E Dual tem design moderno, parecido com outros aparelhos da linha Xperia, roda a versão 4.0 do Android (Ice Cream Sandwich) e tem tela de 3,5 polegadas. O produto também é equipado com processador de 1 GHz da Qualcomm e câmera de 3 megapixels. Ele deve chegar ao Brasil até junho. A empresa ainda não divulgou o preço final do produto.

Outro modelo da empresa é o Xperia J, que será vendido com exclusividade pela operadora Claro no Brasil. Ele é bastante parecido com o Xperia Arc e tem tela de 4 polegadas resistente à arranhões, além de duas câmeras, sendo a traseira de 5 megapixels.

Windows Phone mais em conta

Lumia 520 é o mais barato com Windows Phone
Getty Images
Lumia 520 é o mais barato com Windows Phone

O sistema operacional da Microsoft, que até agora estava apenas em smartphones mais avançados, passa a aparecer em smartphones mais acessíveis para o usuário após o MWC 2013.

A Nokia, principal parceira da Microsoft em smartphones, apresentou o Nokia 520 . O aparelho tem tela de 4 polegadas que responde mesmo quando o usuario esta usando luvas, 8 GB de memoria e camera de 5 megapixels.

A Nokia ainda não divulgou o preço do aparelho, mas informou que ele deve chegar rapidamente à America Latina.

O produto chegará primeiro à Asia e o preço-base (sem contar os impostos de cada país) será de 139 euros (cerca de R$ 360 reais). O Lumia 720, outro smartphone com preço intermediário, será vendido na China em breve, mas ainda não há previsão de chegada a outros países.

Veja 10 smartphones que foram destaque no MWC 2013

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.