Conversas privadas, além de mensagens sobre estado de humor e atividades realizadas são geralmente rejeitadas pelos seguidores

Um estudo desenvolvido pela Universidade de Carnegie Mellon, Massachussets Institute of Technology (MIT) e Georgia Tech mostra que apenas um terço das mensagens publicadas no microblog Twitter vale a leitura. Para fazer a pesquisa, eles criaram um site chamado "Who gives a tweet?" que permitiu que 1,4 mil visitantes classificassem mais de 43 mil tweets enviados por mais de 2 mil contas no Twitter.

Dois terços das mensagens do Twitter não agradam usuários, diz estudo
Getty Images
Dois terços das mensagens do Twitter não agradam usuários, diz estudo
Com a pesquisa consolidada, os pesquisadores descobriram que os visitantes aprovaram 36% dos tweets analisados, não gostaram de 25% das mensagens e classificaram 39% delas como neutras. "Uma parte significativa do conteúdo é classificada como 'não vale a leitura' por uma variedade de razões", disse Michael Bernstein, doutorando do MIT.

Entre os tweets que foram rejeitados pelos participantes estão aqueles que fazem parte de conversas privadas com outros usuários do microblog, mensagens que tratam sobre o estado de humor naquele dia ou atividade que o usuário acaba de realizar.

Por outro lado, compartilhar informações, fazer perguntas para os seguidores e divulgar notícias (caso dos jornalistas) ou postagens que o usuário escreveu, são atividades bem vistas por pessoas conectadas por meio do Twitter.

Como resultado do estudo, os pesquisadores divulgaram algumas ações que o usuário de Twitter pode adotar para aumentar as chances de suas mensagens serem lidas pelos seguidores. Confira a lista completa abaixo:

- Notícia velha não é notícia: O Twitter enfatiza informações em tempo real. Os seguidores ficam entediados se veem uma mensagem publicada várias vezes;

- Contribua para a história: Faça um comentário ou inclua outro fato pertinente ao assunto antes de enviar um tweet ou retuitar a mensagem de alguém;

- Mantenha o texto curto: Os seguidores apreciam a concisão. Usar apenas a menor quantidade de caracteres possível abre espaço para mais comentários dos seguidores que o retuitam;

- Não exagere nas hashtags: Uso exagerado de hashtags, menções de outros usuários e abreviações deixa as mensagens difíceis de ler. Os seguidores "odeiam" ver check-ins no Foursquare em sua página também;

- Acrescente contexto: Mensagens muito curtas dificultam o entendimento de seu significado. Simplesmente linkar para uma foto ou link, sem dizer a razão pela qual as pessoas devem clicar, é uma falha;

- Não choramingue: Sentimentos negativos e reclamações são rejeitadas pelos seguidores;

- Provoque os seguidores: Empresas de comunicação ou jornalistas que querem que os seguidores cliquem nos links que eles divulgam por meio do Twitter devem "pescar" os leitores sem dar a notícia completa no tweet;

- Figuras públicas: As pessoas o seguem para ler ideias profissionais e podem ficar entediadas se encontrarem detalhes cotidianos ou fofocas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.