Desta vez, a empresa anunciou que apagará fotos dos servidores após 45 dias da exclusão da rede social

O Facebook admitiu que guarda fotos excluídas pelos usuários da rede social, embora esteja trabalhando para apagar os arquivos armazenados em seus servidores. De acordo com o site Ars Technica , o Facebook afirmou na última sexta-feira (3) que os servidores mais antigos ainda guardam fotos publicadas há cerca de três anos. Apenas as fotos excluídas instantes após a publicação não ficam nos servidores após a ação.

Leia mais:
Punição ao Facebook reacende debate sobre privacidade
Estudante vence Facebook em processo sobre privacidade na Europa
Facebook: "Nunca compartilhamos dados pessoais com anunciantes"

O fato de o Facebook armazenar informações depois que elas já foram apagadas já rendeu problemas à empresa. No final do ano passado, um estudante venceu o Facebook um processo sobre privacidade , após receber uma cópia com mais de 1.200 páginas de dados. Ele notou que informações que ele havia deletado anteriormente também estavam anexadas e moveu um processo contra o site.

Um porta-voz da rede social disse ao Ars Technica que o Facebook já está trabalhando para remover os backups da rede social. De acordo com o porta-voz, as fotos serão realmente apagadas dos servidores após 45 dias da sua exclusão da rede social, mas a nova política ainda não tem data para começar a valer.

    Leia tudo sobre: facebook
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.