CEO do Gowalla afirmou não comentar rumores, mas não negou negociação com o Facebook

O Facebook pode anunciar em breve a compra da rede social baseada em geolocalização Gowalla. Com a compra, os funcionários e infraestrutura do serviço, que é rival do Foursquare, seriam transferidos em breve para a sede do Facebook, em Palo Alto (EUA). Segundo o site da CNN , que relatou a compra, fontes próximas do Gowalla teriam afirmado que a venda já foi acertada, mas não souberam informar o valor da transação.

Com a compra do Gowalla, o Facebook poderia melhorar seus recursos de geolocalização , que hoje incluem a possibilidade de fazer check-in (se registrar) em lugares por meio do aplicativo da rede social para celular, além de marcar atualizações de status e fotos com a localização no momento do envio. O Facebook apresentou seus primeiros recursos baseados em localização na metade de 2010.

Os recursos oferecidos até agora, no entanto, são limitados em relação ao Foursquare e Gowalla, que oferecem recompensa para os usuários se registrarem em lugares. A cada check-in, os usuários podem ganhar medalhas e até descontos ou vantagens oferecidos pelos donos dos locais, como restaurantes e bares. Sem essas vantagens, apenas poucos usuários fazem check-in por meio da rede social.

Após a publicação da reportagem pela CNN, Josh Williams, CEO do Gowalla, enviou um e-mail para os investidores da empresa , para esclarecer o caso - apesar de não confirmar a compra, Williams não nega a negociação. "A tinta do acordo não está seca, então nosso padrão é não comentar sobre rumores ou especulações. Eu tinha outro e-mail pronto para enviar a vocês para avisar sobre isso antes que a notícia fosse divulgada. Agora, um e-mail mais longo será enviado em breve. Até lá, agradeço a vocês por tudo que fizeram para tornar o Gowalla um sucesso."

Foursquare quer continuar independente

Maior rival do Gowalla, o Foursquare divulgou um comunicado público depois que a notícia foi veiculada. Em nota, a empresa parabenizou os fundadores do Gowalla pela compra. "Aqui no Foursquare, nós continuamos focados em construir um produto maravilhoso e aumentar nossa comunidade forte de 15 milhões de usuários."

    Leia tudo sobre: facebook
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.