Usuário estava pedindo amigos em outra rede social por meio de um anúncio no Facebook


Por Daniel Pavani

Um homem decidiu que a melhor forma de conseguir mais adições em seus círculos no Google+ era fazer um anúncio em uma outra rede social (concorrente, por sinal), o Facebook. É claro que a rede de Zuckerberg não deixou barato e logo removeu seu anúncio do ar.

O responsável pelo anúncio é o inglês Michael Lee Johnson , que estava utilizando o Facebook para angariar amigos para seus círculos da rede social do Google. Aparentemente, a rede social de Zuckerberg não gostou muito da história, e removeu todos os anúncios de Johnson.



O site Tech Crunch conta que ele escreveu em seu perfil do Google+ que recentemente havia feito alguns anúncios no Facebook, mas todos eles foram cancelados. Agora, seu perfil está repleto de mensagens mostrando o quanto ele está decepcionado com o tratamento que recebeu da rede social.

Por outro lado, Chris Matyszczyk, do site CNET chama Johnson de ingênuo, e não se pode discordar muito dele. Chris destaca que nas próprias diretrizes de anúncios no Facebook há uma trecho em que a empresa se resguarda o direito de recusar qualquer anúncio por qualquer razão, incluindo nossa determinação de que eles promovam produtos e serviços competidores ou afetem negativamente nossos negócios ou relacionamento com nossos usuários.

Siga o iG Tecnologia no Twitter Siga o iG Tecnologia no Twitter

    Leia tudo sobre: facebook
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.