Após dez dias desde a mudança, 8 milhões de marcas adotaram o novo formato

SAN FRANCISCO - Os esforços do Facebook com o objetivo de transformar sua rede social num local mais amigável para negócios e marcas célebres tiveram um início positivo, disse a empresa. Oito milhões de marcas, de montadoras de carros a bandas de rock, fizeram a mudança para o novo formato de página do Facebook dez dias após a mudança ter sido apresentada num evento de lançamento em Nova York no mês passado, disse a rede social.

Leia mais:
Aplicativo no Facebook transforma a timeline em um filme
Facebook atualiza novo perfil para todos os usuários

Coca-cola é uma das primeiras marcas a usar a Timeline do Facebook na fan page
Reprodução
Coca-cola é uma das primeiras marcas a usar a Timeline do Facebook na fan page
Alguns executivos dizem que as novas ofertas de anúncios que fazem uso das novas capacidades do website os estão auxiliando a alcançar novos públicos por meio da rede social de 845 milhões de membros. "Se há uma mensagem específica que queremos transmitir, sabemos que isso garante que ela chegará a eles", disse o diretor de estratégia Steve Baer, da agência de marketing digital de Nova York Code and Theory, que recentemente organizou uma campanha paga para o refrigerante Dr. Pepper que fazia uso dos novos anúncios do Facebook.

As manobras da rede social para se aproximar das grandes marcas de consumo são parte importante de seus esforços para elevar sua receita enquanto a empresa se prepara para uma oferta pública inicial (IPO) que pode valorar a empresa , que já existe há oito anos, em até US$ 100 bilhões.

Um dos desafios mais importantes do Facebook é convencer empresários a gastar dinheiro anunciando em seu serviço ao invés de usar a rede social como uma ferramenta de promoção gratuita, dizem analistas e observadores do mercado.

O Facebook está mirando seus novos serviços de anúncios em direção a marcas conhecidas como o Dr. Pepper, que conseguiu mais de 11 milhões de "fãs" em sua página, mas que não promoveu muitos anúncios na rede social, de acordo com Baer.

Por Alexei Oreskovic

    Leia tudo sobre: facebook
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.