Pesquisadores, ligados ao governo americano, orientam usuários a desabilitar o protocolo WPS, enquanto solução é preparada

Pesquisadores do United States Computer Emergency Readiness Team (US-CERT), órgão vinculado ao departamento de segurança doméstica do governo dos Estados Unidos, descobriram uma falha grave no protocolo de segurança de roteadores Wi-Fi. O problema afeta o protocolo WPS, que permite que o usuário proteja sua rede Wi-Fi com uma senha.

De acordo com Stefan Viehböck, pesquisador responsável pela descoberta, uma falha no desenvolvimento do sistema que verifica a autenticidade da senha de oito caracteres usada para proteger a rede permite que o hacker que tenta invadir a rede descubra facilmente os primeiros quatro caracteres da senha. O sistema informa o usuário se os quatro primeiros números estão corretos a cada tentativa de acesso, o que diminui significaticamente o tempo que o invasor leva para descobrir a senha da rede.

Enquanto não há uma solução para a falha, o US-CERT recomenda que os usuários desabilitem o protocolo WPS de seus roteadores sem fio. Entre os roteadores afetados estão aqueles fabricados pela D-Link, Linksys, Netgear e TP-Link. De acordo com o pesquisador, as fabricantes já estão cientes do problema, mas até agora não divulgaram nenhuma atualização de software para corrigir a falha.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.