Mapas usados nos aplicativos do serviço, porém, continuam a usar mapas do Google por compatibilidade com iPhone e Android

O Foursquare, rede social baseada em geolocalização, abandonou o uso de mapas do Google em seus serviços. A parceria, fechada nos primeiros dias após a criação do serviço, terminou, pois o Foursquare decidiu adotar os mapas de código aberto do movimento OpenStreetMap. "Quando vocês acessarem o Foursquare versão que os mapas serão um pouco diferentes, mas eles são muito bonitos", diz a equipe da rede social no blog oficial.

Novos mapas do Foursquare, desenvolvidos pela MapBox com base nos mapas do OpenStreetMap
Reprodução
Novos mapas do Foursquare, desenvolvidos pela MapBox com base nos mapas do OpenStreetMap
A substituição dos mapas, segundo o Foursquare, já foi realizada e, por enquanto, está em fase de testes. O OpenStreetMap é um atlas global colaborativo, ao estilo Wikipedia, onde os internautas podem fazer alterações e incluir novas informações a todo momento.

A empresa afirma que escolheu a empresa MapBox, que usa os dados do OpenStreetMap para desenvolver seus próprios mapas. "Isso nos dará muita flexibilidade para mudar as cores do mapa e deixá-lo mais parecido com o Foursquare", diz a equipe no blog.

O Foursquare afirmou que um dos motivos que estimularam a equipe a buscar alternativas foi o preço da licença de uso dos mapas do Google. A empresa alerta que os mapas dos aplicativos para iPhone e Android continuam sendo fornecidos pelo Google, já que a interface de programação de aplicativos (API) fornecidas pelos sistemas operacionais adotam o serviço de mapas do Google como padrão.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.