Tablets representam apenas 2% de todos os aparelhos com conexão 3G em funcionamento no País, segundo dados da Teleco

Os smartphones são maioria no total de acessos à internet por meio de redes 3G no Brasil, com 79% do total, segundo estudo da consultoria Teleco em parceria com a Huawei, divulgado durante a Futurecom 2011 . Segundo Julio André Sgarbi, gerente de consultoria de negócios da Huawei, atualmente existem 23 milhões de celulares com conexão 3G no País. “Todos adoram os tablets, mas eles ainda representam apenas 2% de todos os acessos móveis no Brasil”, diz Sgarbi. Modems 3G acoplados a notebooks respondem por 19% das conexões.

Tablets como o iPad representam 2% das conexões 3G no Brasil
Getty Images
Tablets como o iPad representam 2% das conexões 3G no Brasil
Segundo o estudo, o preço é o fator principal que impede o acesso de classes mais baixas aos tablets, já que o uso do aparelho é maior entre pessoas com renda acima de R$ 5 mil por mês. Atualmente, o gasto médio dos usuários com conexões móveis está em R$ 62 mensais. “Muita gente compartilha modem de acesso a internet 3G, mas o percentual cai para smartphones e tablets, que tendem a ser usados exclusivamente pelo dono.

Conteúdo

A maioria (71%) dos entrevistados pela Teleco, que consultou 1.100 pessoas de 14 a 65 anos de cinco capitais brasileiras, afirmou já ter baixado algum aplicativo para seu smartphone ou tablet. “Na média, cada usuário baixou 14 aplicativos para o aparelho”, diz Sgarbi. Grande parte das pessoas (59%) também afirmaram que gostariam de acessar os mesmos aplicativos por meio de TVs conectadas. Este tipo de TV já representa 1 em cada 5 TVs vendidas no Brasil.

Entre as atividades mais comuns em aparelhos com acesso à internet por meio da rede 3G estão a navegação em páginas web, troca de mensagens instantâneas, download de músicas e jogos, busca e comércio eletrônico.

A pesquisa também revelou que os tablets são mais usados pela manhã, enquanto o celular é muito usado durante o dia e o modem 3G e banda larga fixa à noite. Usuários de tablet interagem com o aparelho cerca de duas horas por dia, enquanto smartphones tem média de uma hora ao dia.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.