Só não se sabe ainda se o conteúdo do pen drive realmente é destruído caso o usuário não saiba a combinação de abertura


Por Daniel Pavani

Um geek russo criou um dos melhores pen drives já vistos por aí. Utilizando a arte steampunk e um conceito de criptografia física, ele criou um dispositivo de armazenamento que exige uma senha a ser posicionada em seus anéis giratórios.

Quem já assistiu (ou leu) O Código Da Vinci sabe o que é um criptex. É aquele cilindro, com anéis com códigos que escondem uma mensagem escrita em um pergaminho. O cilindro é feito para proteger a mensagem de pessoas que não possuam a senha de abertura do criptex que, se forçado, destrói automaticamente o pergaminho.



É claro que não se pode deixar de falar que o pen drive do russo também se assemelha bastante a um cadeado de bicicleta.

Voltando ao que interessa, o russo Tarator possui alguns projetos bem interessantes da arte steampunk , mas o pen drive, sua última criação, realmente se destaca. A página Steampunker (em russo) mostra um pouco de como o pen drive foi criado.

Siga o iG Tecnologia no Twitter Siga o iG Tecnologia no Twitter

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.