BADA é o novo sistema operacional da Samsung, presente no Wave GT-S8500B

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=tecnologia%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1597102051096&_c_=MiGComponente_C


Por Stella Dauer

Fiquei de boca aberta quando liguei o Wave, pois foi a primeira vez que eu vi uma tela de Super Amoled na vida ¿ hoje ela é utilizada também no Galaxy S e modelos mais novos da Samsung. O visual dele é mais elegante do que muitos que eu já vi por aí. Ele é mais fino, mais macio e mais sóbrio. Porém, ele vem com uma aposta da Samsung, o sistema operacional BADA.

Geek
Um dos aparelhos com melhor acabamento que já vi


Acabamento primoroso

Seu acabamento é com certeza um dos melhores do mercado. Muito difícil encontrar um celular tão bem feito como o Wave por aí ¿ talvez apenas o iPhone 4. Boa parte do seu corpo é em aço escovado acobreado, bem fininho. O topo e a parte de baixo são de plástico brilhante e preto, e são também de plástico os botões que ficam abaixo da tela. O vidro toma quase toda a frente, e fica ligeiramente curvo nas extremidades. Os botões laterais ¿ Volume, foto e trava da tela ¿ são pequenos e discretos, da mesma cor que o metal.

Em cima fica a caixinha de som, a entrada padrão para fones e a conexão microUSB, protegida por uma tampinha deslizaste. Atrás fica a câmera e o flash que, sem explicação aparente, são em formato de losango. Esse conjunto faz do Wave um aparelho alongado, fino, elegante e extremamente bonito. Um bom design da Samsung.

BADA

Para fazer jus ao brilho, o BADA é um sistema muito bonito. A tela de 3,3 com 16 milhões de cores responde bem ao toque múltiplo, e seu scroll é tão suave que pode ser comparado ao iPhone. Isso se deve à sua tela de super Amoled, que faz com que a tela não tenha vidro na frente, aumentando a acuidade da resposta. Visualmente, ele parece uma mistura do iOS com o Android, e mesmo tendo um aspecto simples sua tela transforma qualquer coisa em maravilha.

Rapidez também é uma de suas qualidades. Navegar na internet, aumentar fotos, fazer as transições e ligar e desligar aplicativos são ações feitas em instantes. O teclado virtual QWERTY também é rápido e bem preciso, erramos poucas vezes com ele. Há um previsor de palavras muito bom, o que deixou a escrita mais rápida.

Já incluso no hardware estão alguns aplicativos legais, como o Mini-Diário, o Daily Briefing e o Social Hub, que reúne conteúdo de SMS e E-Mail, uma tentativa pobre de imitar o Motoblur e o Timescape. Aplicativos básicos como Twitter, Facebook, orkut, YouTube, visualizador de documentos e gravação de voz já vêm inclusos também. Isso tudo combina bem com a multitarefa bem resolvida. Pena que a área de mídia é bem quadradona, não foi bem tratada como a Sony Ericsson fez com sua versão do Android. Para acessar vídeos, fotos e outros você entra em um esquema de pastas bem normal.

Geek
Tela de Super Amoled, uma beleza


Vídeo em HD, fotos com 5 megapixels cheias de ajustes

Sua câmera tem qualidade e muitos ajustes. Ela tem sensor de 5 megapixels, flash de LED, detetor de sorriso, panorama, ajuste de ISO, vários modos de cena e faz vídeos em HD! Não se saiu muito bem em fotos noturnas ¿ até que os granulados foram poucos ¿, agradando em fotos com bastante luz. Não muito utilizado, mas não menos importante, ele vem com uma câmera frontal para vídeo chamadas.

O modo panorama é muito legal. Você decide para qual direção fará a foto e dá o primeiro clique. A partir daí ele te guia através de molduras, e quando acha que a cena está composta, tira as outras fotos sozinho e já encaixa tudo em uma imagem só, Funcionou muito bem. Há também o filtro para suavizar a pele, o detector de sorrisos e o filtro de época, que deixa as cores quentes, frias e em preto e branco. Dá pra escolher entre autofoco ¿ com foco escolhido no dedo, direto na tela ¿ macro e detector facial. E são 13 cenas diferentes pra escolher. Há até um modo que ajuda a enxergar o LCD se você estiver em ambientes externos.

É possível optar entre 6 tipos de ISO, fazer ajustes de branco, 4 efeitos e, inclusive, ativar uma função anti-movimento, como um estabilizador. E, logicamente, as fotos são geolocalizadas com a ajuda do GPS embutido. É uma câmera bem completa, e a qualidade dos vídeos em HD é muito boa para o YouTube.

Geek
Botões físicos, poderiam ser de toque


Conexões

O tocador de música é simplão e bonito, vem com a opção de identificar músicas. O som externo é alto, mas distorcido, nada comparado aos aparelhos da Nokia. Já os fones intra-auriculares que vêm na caixa não decepcionam, têm ótimo estéreo e bom volume. Ele vem com apenas 2GB de memória interna, mas com um cartão microSD pode ser expandido até 32GB. Com tudo isso, já dá pra imaginar que ver filmes nessa tela nítida é uma beleza.

Nas conexões ele também manda bem. O Wi-Fi é ligeiro de detectar, conectar e navegar. O Bluetooth também não apresentou problemas e cumpriu seu papel. O GPS é rápido, mas o aplicativo de mapa que vem no sistema ainda é muito inferior aos sistemas dos concorrentes, como o Google Maps e o Ovi Maps.

Por possuir um sistema muito novo e ainda pouco atraente a desenvolvedores, o BADA possui uma quantidade irrisória de aplicativos à sua disposição. No mundo atual dos smartphones, se você não tem aplicativos, você não é ninguém. Por isso, não adianta o Wave ser espetacular em interface e hardware, se não possui aplicativos úteis e em quantidade.

Prós:

¿ Tela brilhante e de boa definição;

¿ Belo design e bom acabamento;

¿ Processamento rápido;

Contras:

¿ Sistema novo e não muito popular;

¿ Som externo distorcido;

¿ Área de mídia pouco explorada;

Samsung Wave GT-S8500B

Preço: R$ 1.350

Siga o iG Tecnologia no Twitter Siga o iG Tecnologia no Twitter

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.