Rede social atinge número expressivo, mas dificilmente manterá o ritmo


Por Guilherme Abati

O Google+ continua apresentando números impressionantes. Deve chegar à marca de 18 milhões de usuários cadastrados hoje ainda e já é rede social que em menos tempo atingiu a marca, de acordo com o Mashable

Siga o iG Tecnologia no Twitter Siga o iG Tecnologia no Twitter


Porém, é quase certo que a rede social já começa a perder o fôlego. Paul Allen, co-fundador do site ancestry.com , publicou em seu blog uma análise bastante minuciosa que indica que o Google+ dificilmente manterá esse ritmo impressionante.

Semana passada nós vimos dois dias em que mais de 2 milhões de pessoas se cadastraram na rede, afirma Allen em post do blog. Se essa taxa tivesse sido mantida, o Google+ teria atingido, na noite de domingo, 20 milhões de usuários. Mas nos últimos quatro dias somados menos de 1 milhão de pessoas se cadastraram. Ontem o número foi de 763 mil, conclui.

Allen, porém, tem explicações para essa perda de fôlego. Ele diz que o Google+ não foi promovido massivamente e que ainda funciona baseado em convites, ou seja, a pessoa só se cadastra se alguém a convida, não é aberto para qualquer um como o Facebook ou o Twitter, por exemplo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.