50 mil títulos não encontrados em lojas podem ser encontrados na internet, em breve

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=tecnologia%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1597125078895&_c_=MiGComponente_C

Paris - A editora Hachette e o gigante informático Google anunciaram nesta quinta-feira um acordo definitivo para digitalização de livros esgotados da casa de edição francesa.

Siga o iG Tecnologia no Twitter Siga o iG Tecnologia no Twitter

"O acordo de associação tem por objetivo dar uma segunda vida a milhares de obras esgotadas, tanto em benefício de seus autores como de universidades, pesquisadores e do grande público em geral", informou a Hachette em comunicado.

A editora francesa será responsável por decidir quais obras poderão ser digitalizadas pelo Google, que estarão disponíveis em formato de livro eletrônico através da ferramenta Google eBooks.

A Hachette, que considera que o acordo fornecerá nova fonte de receita para os autores, terá além disso a possibilidade de utilizar os fichários das obras digitalizadas pelo Google e explorá-las via impressão por demanda.

Outros beneficiados por esta aliança serão as instituições públicas como a Biblioteca Nacional da França, que poderão ampliar seu catálogo com títulos até agora fora de mercado.

Segundo informou a Hachette no início das negociações, o compromisso cobre um fundo de aproximadamente 50 mil títulos que já não podem ser encontrado em lojas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.