Segundo a empresa, algoritmo Panda em idioma local ajudará busca a priorizar sites com conteúdo original

Amit Singhal, conselheiro do Google, anuncia versão em português do algoritmo Panda
Reprodução
Amit Singhal, conselheiro do Google, anuncia versão em português do algoritmo Panda
O Google anunciou hoje, por meio de seu blog oficial, que o algoritmo de busca Panda ganhou versões em diferentes idiomas em todo o mundo, inclusive português.

Com a adoção do algoritmo no idioma local, os resultados de busca do Google devem mudar em até 9% das solicitações de pesquisa dos usuários para retornar resultados mais próximos do que o usuário deseja.

Em seu lançamento inicial nos Estados Unidos, realizado no início de 2011, o algoritmo Panda teve grande impacto sobre os resultados da busca americana. Cerca de 12% das solicitações de busca tiveram impactos em seus resultados, de acordo com o Amit Singhal, conselheiro do Google. Isso porque o algoritmo mostra sites que possuem conteúdo próprio entre os primeiros resultados e deixa os sites com informações reproduzidas de terceiros em posições inferiores.

Além do português, a busca do Google na maioria dos idiomas passará a usar uma versão do Panda em idioma local, exceto China, Japão e Coreia. "Nesses idiomas ainda continuaremos testando melhorias", diz Singhal.

Caso administradores de sites em português que produzem conteúdo próprio percebam mudanças na posição dos sites no ranking de busca do Google, é possível notificar a empresa. Usuários que notarem que os resultados para alguns termos digitados continuam iguais após a mudança também podem avisar o Google. Para isso, basta registrar um comentário do fórum de ajuda do Google .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.