A partir de agora, usuários receberão aviso e terão quatro dias para ajustarem dados antes que a equipe suspenda o perfil

O Google anunciou em seu blog oficial que agora mudou sua política contra perfis do Google+ que adotam pseudônimos e apelidos. A partir de agora, o Google enviará um aviso aos usuários suspeitos, que terão quatro dias para mudar o nome antes suspender os perfis.

Segundo Saurabh Sharma, gerente de produto do Google+, proibir o uso de pseudônimos e apelidos é necessário para aproximar mais ainda as identidades das pessoas na web com o mundo real. O anúncio pode ser visto neste vídeo.


A política de exigir nomes reais serve para combater o spam e evitar que os usuários criem perfis falsos. O uso de pseudônimos e apelidos em perfis já era proibido desde o lançamento da rede social, em junho. Contudo, a equipe suspendia os perfis com nomes falsos e, depois, notificava os usuários. O procedimento levantou polêmica no final de julho , quando alguns usuários criticaram o Google pela exclusão de alguns perfis sem aviso prévio. Segundo o Google, as suspensões aconteceram porque os perfis violavam a política de conduta do usuário da rede social.

O Google+ foi lançado no final de junho e hoje conta com mais de 25 milhões de membros. Na quinta-feira (11/08), a rede social lançou um novo recurso : Games.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.