Anúncios de farmácias canadenses violavam leis dos Estados Unidos

NOVA YORK , 24 agosto 2011 (AFP) - A gigante da internet Google pagará 500 milhões de dólares (R$ 800 milhões) para acabar com um processo das autoridades americanas sobre publicidade ilícita de farmácias na rede anunciou o Departamento de Justiça dos Estados Unidos.

"O buscador de internet havia aceitado publicidade de farmácias online com sede no Canadá para consumidores americanos, que implicavam a importação ilegal de medicamentos que nos Estados Unidos precisam de receita médica", afirmam as autoridades em um comunicado.

O caso foi revelado em maio, quando o Google anunciou que destinava 500 milhões de dólares com este objetivo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.