Segundo The Wall Street Journal, empresa deve lançar busca com elementos semânticos nos próximos meses

O Google está preparando uma nova versão de sua busca, que passará a entregar resultados mais precisos aos usuários, pois o sistema entenderá o contexto dos termos de busca usados pelo internauta. Segundo o jornal The Wall Street Journal , a busca do Google vai mostrar, além dos links de outros sites, mais respostas para as perguntas dos usuários, no topo da página de buscas.

Amit Singhal, do Google: busca vai funcionar de modo mais parecido com o pensamento humano
Reprodução
Amit Singhal, do Google: busca vai funcionar de modo mais parecido com o pensamento humano
Com a mudança, o Google não aposentará seu sistema de busca atual que, entre outros critérios, busca palavras-chave nas páginas de web e verifica a quantidades de sites externos que referenciam aquele site. Segundo fontes do jornal, a empresa planeja melhorar a busca  por meio da inclusão de "elementos semânticos" na busca, isto é, que entenda o significado e contexto das palavras usadas como termos de busca.

Segundo Amit Singhal, vice-presidente de buscas do Google, a nova busca funcionará de forma similar a "como os humanos entendem o mundo". Em entrevista recente, Singhal afirmou que o Google está em um projeto de longo prazo que levará a busca para este novo patamar, mas fontes do jornal afirmam que a empresa está prestes a lançar essa nova versão. A empresa não comenta oficialmente o assunto.

Quando lançada, a nova busca mostrará resultados mais abrangentes e precisos para os internautas. Ao buscar por "Rio Tietê", por exemplo, a busca poderá oferecer, além de links para sites oficiais e páginas da Wikipedia, algumas informações no topo da página, como localização, nível de poluição da água do rio, altitude e extensão. Quando o internauta escrever uma pergunta na caixa de busca, o serviço deve mostrar a resposta no topo da página, em vez de apenas links para sites que possam ter as informações buscadas.

Além de oferecer melhores resultados para os internautas, a nova versão da busca poderá ajudar o Google a aumentar sua receita com publicidade, que representa 98% da receita anual de cerca de US$ 37 bilhões. Segundo especialistas consultados pelo jornal, a busca semântica pode ajudar o Google a mostrar resultados de busca e anúncios mais apurados ao leitor, o que ajudaria a empresa a continuar crescendo, mesmo com a concorrência do Facebook.

Não é a primeira vez que o Google atualiza seu sistema de buscas. Recentemente, a busca do Google passou a mostrar resultados personalizados com informações da rede social Google+, mas apenas quando o internauta está conectado por meio de sua conta ao site. A busca também começou, recentemente, a mostrar resultados instantâneos , antes mesmo que o usuário termine de digitar o termo de busca.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.