RIAA acha que ações da empresa têm sido tímidas até o momento

Recurso de autocompletar sugere buscas de download ilegal
Reprodução
Recurso de autocompletar sugere buscas de download ilegal
A RIAA, órgão que representa grandes gravadoras americanas, emitiu um boletim que repreende o Google por não se esforçar o suficiente para combater a pirataria. Em um relatório divulgado na última segunda-feira (19), a RIAA afirma que as ações do Google para combater a pirataria têm sido modestas, citando como exemplo o sistema de autocompletar das pesquisas do Google.

O relatório menciona uma pesquisa feita com as palavras “lady gaga mp3”, que inclui termos que sugerem o usuário a entrar em sites ilegais, de acordo com a RIAA. A organização pede para que o Google mude o algoritmo de busca para favorecer sites que oferecem o conteúdo legalmente.

O site Search Engineland afirma que a RIAA também pede para o Google seja mais ágil e remova links ilegais em menos de 24 horas de seus resultados e de páginas do serviço Blogger.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.