Cibercriminosos exploraram brecha de segurança na rede da Global Payments para roubar dados de clientes na América do Norte

Os dados de mais de 1,5 milhão de cartões de crédito das bandeiras Visa e Mastercard foram roubados por hackers na última semana, segundo confirmação da Global Payments, empresa que processa os pagamentos para as bandeiras. Os cartões afetados, no entanto, estão restritos à América do Norte e, segundo a empresa, os hackers não roubaram informações sobre nomes, endereços e números de segurança dos cartões.

O roubo, ocorrido por meio de uma falha de segurança do banco de dados dos clientes Visa e Mastercard, foi reportada primeiro pela empresa de segurança Krebson Security , na última sexta-feira. Segundo os analistas da Krebson, as informações podem ser usadas para clonar cartões.

De acordo com a Global Payments, os funcionários da empresa estão focados em minimizar os problemas decorrentes da invasão. "Baseado em análises forenses realizadas até este domingo, além de monitoramento da rede e outras medidas de segurança, acreditamos que este incidente foi contido", diz a empresa, em comunicado.

A empresa já avisou os bancos que emitiram os cartões que tiveram informações roubadas. A partir de agora, os bancos entrarão em contato com os clientes e emitirão novos cartões aos usuários. Contudo, a falha deve render meses de monitoramento de transações com os cartões dos clientes afetados, para garantir que compras realizadas com cartões clonados não sejam efetivadas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.