Estudo conduzido pela NSS Labs aponta Internet Explorer como o navegador mais seguro contra malwares

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=tecnologia%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1597102072919&_c_=MiGComponente_C


Por Guilherme Abati

O Internet Explorer é seis vezes mais eficiente contra ataques de malwares que os concorrentes. É o que diz um estudo realizado pela NSS Labs que testou a eficiência dos navegadores em bloquear links para páginas que distribuem malwares.

Siga o iG Tecnologia no Twitter Siga o iG Tecnologia no Twitter


Malware, termo que deriva das palavras malicious software, é um software destinado a se infiltrar em computadores alheios de forma ilícita, com o intuito de causar algum dano ou roubar informações, confidenciais ou não.

O estudo testou o Internet Explorer 9, Internet Explorer 8, Safari 5, Chrome 10, Firefox 4 e Opera 11. Todos eles foram expostos às mesmas URLs maliciosas durante uma semana. No final, o Internet Explorer, com a ajuda do filtro de segurança SmartScreen, registrou os melhores resultados entre os programas testados.

Reprodução

Gráfico acima mostra o ranking dos browsers testados.

As URLs maliciosas utilizadas no teste foram extraídas de mensagens de spam que se espalham via email, mensagens instantâneas, redes sociais e outros sites. As páginas web que automaticamente instalam malware explorando vulnerabilidades nos navegadores não foram consideradas neste teste.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.