Aparelhos vinham de Hong Kong

Por Fernanda Morales

Contrabandistas chineses usavam de uma técnica diferente para buscar iPads e iPhones em Hong Kong sem ter que pagar pelas taxas de importação.

De acordo com o site M.I.C Gadget , os produtos da Apple eram contrabandeados através de um longo cabo de aço que ligava a cidade chinesa de Shenzhen com a área rural ao norte de Hong Kong. Os produtos eram transportados em malas de nylon pretas durante a noite e atravessavam o rio Sha Tau Kok suspensos a muitos metros de altura.

Os policiais encontraram o cabo de mais de 300 metros de extensão e segundo o site Engadget , apreenderam aproximadamente US$ 46 mil em produtos Apple que estavam no poder dos contrabandistas.

Na China, os cambistas são conhecidos por ficarem horas nas filas das Apple Stores para comprar produtos e depois revendê-los no mercado paralelo, por um preço, muitas vezes, até maior que nas lojas oficiais. Durante o lançamento do iPhone 4 no país, houve briga em uma das Apple Stores porque os cambistas estavam “furando fila” e a polícia teve que intervir para controlar a situação.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.