Tecnologia aplicada ao iPhone agora ajudará polícia a reconhecer criminosos nos Estados Unidos


Por Guilherme Abati

Oficiais da lei nos Estados Unidos estão preparados para adotar um novo tipo de scanner facial desenvolvido especialmente para o iPhone.

Siga o iG Tecnologia no Twitter Siga o iG Tecnologia no Twitter


A tecnologia biométrica, chamada de Mobile Offender Recognition and Information System (MORIS) criada pela BI2 Technologies em Plymouth, Massachusetts, é um scanner que permite que a polícia possa identificar criminosos através de fotos. Ele detecta características únicas das íris e da estrutura facial das pessoas, para depois se conectar à rede e iniciar um busca pelo banco de dados criminal americano.

De acordo com a Reuters , o scanner é extremamente rápido, mais seguro e portátil e melhor do que as outras formas de identificação utilizadas até então.

O scanner para iPhone pode reduzir o tempo que leva na identificação de um suspeito. Segundo o TG Daily , o dispositivo, capaz de scannear um rosto a mais de 4 metros de distância, custa 3 mil dólares.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.