Empresa afirmou nesta quinta-feira (18) que não produzirá mais nenhum equipamento com a plataforma WebOS

Lançado no início de julho nos Estados Unidos, o tablet TouchPad , da HP não será mais produzido. Em comunicado ao mercado publicado nesta quinta-feira, a empresa afirmou que deixará de produzir equipamentos com o sistema WebOS. Além do TouchPad, este sistema equipa alguns smartphones da linha Pre, vendida nos Estados Unidos.

Morte súbita: Touchpad foi lançado em julho deste ano
Getty Images
Morte súbita: Touchpad foi lançado em julho deste ano
Anunciado em fevereiro deste ano , o TouchPad era considerado a aposta da HP para competir com o iPad e aparelhos com Android no mercado de tablets. Quando chegou ao mercado, em julho, o aparelho foi elogiado principalmente pela facilidade de uso do sistema. Por outro lado, a falta de aplicativos e de recursos como 3G e câmera para fotos foram alvo de críticas.

Quem vencerá no mercado de tablets? Opine no fórum

Para tentar aumentar as vendas do aparelho, a HP promoveu seguidos cortes de preço . Com preço inicial de US$ 500 (cerca de R$ 750), o tablet já pode ser encontrado por US$ 400 (cerca de R$ 600). Mas os cortes não adiantaram e o aparelho encalhou nas lojas dos Estados Unidos .

No comunicado emitido nesta quinta-feira, a HP também afirma que considera vender a parte da empresa que produz equipamentos para o consumidor final (notebooks, impressoras, multifuncionais e outros produtos). A empresa admitiu ainda estar em negociações para a compra da empresa inglesa de software Autonomy .

WebOS ainda vive

A HP anunciou também que considera licenciar o sistema WebOS, usado no TouchPad. Isso abre a possbilidade de que o sistema apareça em equipamentos de outros fabricantes, como Samsung, LG e outros.

Com a saída da HP do mercado de tablets, os sistemas da Apple e Google têm um concorrente a menos. Entre as grandes empresas de tecnologia, apenas a RIM continua com um aparelho próprio, o Playbook. Além destes, só a Microsoft tem uma plataforma relevante, mas o Windows atualmente está em poucos tablets, mais voltados para o mercado corporativo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.