Novas telas podem ser dobradas em ângulo de até 40 graus

A LG anunciou, nesta quinta-feira (29), que começará a produzir telas flexíveis para leitores de livros digitais (e-readers). A tecnologia, batizada pela empresa de Plastic EDP, deve ser usada na criação de e-readers, como o Kindle. Segundo a LG, os primeiros produtos com a nova tela começarão a chegar ao mercado nos próximos meses.

LEIA TAMBÉM:
Celulares de 2020 devem ter tela flexível, dizem especialistas
Vídeo mostra celular do futuro com três telas
Sony apresenta tela de OLED super flexível

Tela da LG pode ser dobrada em ângulos de até 40 graus
Divulgação
Tela da LG pode ser dobrada em ângulos de até 40 graus

A nova tela da LG pode ser dobrada em ângulos de até 40 graus. Os primeiros modelos da tela terão 6 polegadas e resolução de 1.024 x 768 pixels. As telas possuem espessura de apenas 0,7 milímetro e pesam apenas 14 gramas, além de serem resistentes a riscos e quedas de até 1,5 metro.

As telas Plastic EDP são baseadas na tecnologia E-Ink de tinta eletrônica e produzem apenas imagens em tons de cinza. Mas a LG afirma que a experiência adquirida na fabricação dessas telas também deve ser aplicada na fabricação de telas flexíveis do tipo OLED, usada em smartphones e outros aparelhos com telas coloridas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.