CEO da empresa disse que a Google TV não estava pronta quando foi lançada

Revue é o aparelho da Logitech para o acesso ao Google TV
Divulgação
Revue é o aparelho da Logitech para o acesso ao Google TV
Após um ano do lançamento do seu primeiro produto com a Google TV , a Logitech resolveu abandonar o projeto do Revue, set-top box que permite que os usuários acessem vídeos na web e instalem aplicativos por meio da plataforma do Google. De acordo com o CEO da Logitech, Guerrino De Luca, a empresa cometeu um erro enorme por acreditar que o aparelho iria revolucionar a televisão.

Segundo De Luca , o estoque do Revue deve acabar ainda neste trimestre e a empresa não pretende investir num aparelho que substitua o Revue, devido às baixas vendas do produto no mercado americano, único a receber o Revue nas lojas. O resultado fraco das vendas obrigou a Logitech a reduzir o preço do aparelho de US$ 300 para US$ 100 em poucos meses após o lançamento. Em julho, a Logitech anunciou que teve prejuízo de US$ 29,6 milhões no primeiro trimestre deste ano.

Leia mais: Vendas fracas do Google TV prejudicam Logitech
Sony corta preço de televisores com Google TV
Google TV a caminho do Reino Unido

O CEO da Logitech afirmou que na época do lançamento, o Google TV não estava preparado. Em sua apresentação de slides, o executivo chegou a mostrar que o software está em versão “beta”, ou seja, ainda em testes, quando a empresa decidiu lançar um set-top box com a plataforma.

O Revue foi o primeiro decodificador para o Google TV, sistema operacional baseado no Android para televisores. Um dos motivos do fracasso do Revue foram as alternativas mais baratas para o acesso do conteúdo na internet em televisores, como a Netflix.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.