Site oferece feed de notícias, similar ao do Facebook, e terá recurso para assistir vídeos do YouTube por meio do chat

A Microsoft está planejando lançar uma nova rede social para concorrer com o Facebook e o Google+ , rede social recém-lançada pelo Google. De acordo com o site The Verge , a rede social se chamará Socl e usa o slogan "Ache o que você precisa e compartilhe o que você sabe". Os usuários poderão integrar a ela suas contas de Twitter e Facebook e encontrarão um design bastante parecido com o do sistema operacional Windows Phone, desenvolvido pela Microsoft para smartphones.

Imagem da rede social Socl, da Microsoft, foi divulgada pelo site The Verge
Reprodução
Imagem da rede social Socl, da Microsoft, foi divulgada pelo site The Verge
Segundo o The Verge, o site ainda está sendo testado pelo Fuse Labs, laboratório de projetos da Microsoft, com um número restrito de usuários. Não está claro, ainda, se o projeto será lançado para o público em geral em breve. Porém, algumas fontes do site afirmam que a Microsoft está prestes a lançar o serviço por meio de um sistema de convites.

Os recursos do Socl

A nova rede social, diz o site, é centrada na ferramenta de busca e nas atualizações dos amigos, em um feed de notícias similar ao do Facebook.

Como em suas rivais, o Socl permitirá que o usuário siga as atualizações dos amigos, receba convites de outros usuários e veja vídeos a partir da página inicial. A busca da rede social, como previsto, usa os resultados de busca do Bing, ferramenta de busca da Microsoft. Os resultados de busca podem, inclusive, receber comentários dos usuários da rede social, que também podem curti-los e marcá-los.

Segundo o site, a rede social também incluirá um recurso chamado "Video Party", uma espécie de chat por vídeo similar ao Hangout, do Google+, mas que permite que o usuário assista a vídeos do YouTube com seus amigos durante conversas. O The Verge afirma que o Socl é quase que totalmente desenvolvido em HTML5 e funciona com rapidez nos navegadores Google Chrome e Mozilla Firefox.

Um dos recursos que faltam na rede social da Microsoft, segundo o The Verge, é um mecanismo para trocar mensagens em privado. Além disso, não há nenhum recurso para segregar os amigos em grupos de amigos e compartilhar conteúdos específicos para cada um deles, como nos círculos do Google+. Ainda não há sinais também de integração com aplicativos para smartphones, como aqueles que usam Windows Phone, Android ou iOS.

Microsoft pode chegar tarde

Assim como a Microsoft chegou atrasada no mercado de smartphones, com o lançamento do Windows Phone, a empresa pode ter demorado demais para desenvolver sua própria rede social. Se lançada para o grande público, a Socl terá que atrair a atenção da comunidade de internautas que já usam o Facebook ( quase 800 milhões ) e Google+ ( quase 50 milhões ).

    Leia tudo sobre: facebook
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.