Disputa abrange patentes do iPhone e do iPad

SÃO PAULO - A corte de Manhein, na Alemanha, concedeu liminar à Motorola Mobility no caso em que a companhia acusa a Apple de violar uma patente de celular relacionada à tecnologia de transferência de pacotes de dados por meio das vendas do iPhone e do iPad.

Em decisão preliminar, o tribunal julgou a Apple responsável por danos. Mais detalhes sobre as possíveis sanções não foram revelados. "Vamos continuar a tomar todas as medidas necessárias para proteger nossa propriedade intelectual e os acordos de licenciamento com companhias nos Estados Unidos e ao redor do mundo", disse Scott Offer, vice-presidente sênior e conselheiro geral da Motorola Mobility.

O executivo afirmou que manterá os esforços para resolver as disputas globais de patentes com a Apple e acrescentou que vem negociando com a companhia e oferecendo condições de licenciamento razoáveis desde 2007. "Nós vamos recorrer da decisão do tribunal imediatamente", informou Alan Hely, porta-voz da Apple em Londres à Bloomberg. Ele observou que os consumidores não terão problemas para encontrar o iPad e o iPhone nas lojas alemãs neste fim de ano.

(Moacir Drska | Valor)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.