Estande chama atenção dos visitantes, mas aparelhos com sistema do Google e chip da Intel ainda não chegaram ao mercado

A Intel apostou numa abordagem bem humorada em seu estande no Mobile World Congress. Três pessoas vestidas de bonecos do Android fazem graça com os visitantes ao som de música eletrônica, enquanto um MC repete rimas como “Everybody do the Android” e “Hands in the air”. Confira a performance dos bonecos no vídeo abaixo:

No entanto, a falta de produtos com sistema Android no estande indica que a maior fabricante de processadores do mundo ainda tem um longo caminho a percorrer para ter uma presença significativa no mundo móvel.

Atualmente, o mercado de processadores para dispositivos móveis (celulares, tablets e outros) é dominado por fabricantes que usam a arquitetura ARM. Entre essas empresas estão nomes como Nvidia e Qualcomm, que fabricam os processadores e os vendem para fabricantes como LG e Motorola. Os produtos da Apple também usam chips ARM, fabricados pela Samsung.

Maior fabricante de chips para computadores do mundo, a Intel vem há alguns anos tentando entrar nesse mercado, porém sem sucesso. Nesse MWC, os bonecos rappers do Android mostram que a empresa quer divulgar sua recente parceria com o Google. Mas o estande é pobre em aparelhos.

Entre os modelos em exposição com sistema Android, há um celular exclusivo de uma operadora da França, anunciado durante a feira, um tablet da Lenovo que deve chegar ao mercado em alguns meses. E só. De resto, alguns conceitos e protótipos, mas nenhum produto finalizado ou com data para chegar ao mercado.

Para preencher todos os espaços do estande, a Intel deu até uma forçada de barra. Quando indagado pelo iG sobre o que um tablet Galaxy 10.1N (que usa chip Nvidia) estaria fazendo no estande da Intel, um demonstrador respondeu “É que ele usa um modem nosso”.

*O jornalista viajou à Barcelona a convite da Nokia.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.