Estandes das empresas ficam lado a lado no evento, apesar da Sony ter assumido controle total sobre divisão de mobilidade

A edição de 2012 do Mobile World Congress é a primeira após o fim da Sony Ericsson, joint-venture que atuava na área de celulares. No fim do ano passado, a Sony adquiriu a parte da Ericsson e criou a Sony Mobile, divisão de celulares e tablets.

Estande da Sony no MWC 2012 ficava ao lado do espaço da Ericsson, apesar da recente separação das empresas
ig
Estande da Sony no MWC 2012 ficava ao lado do espaço da Ericsson, apesar da recente separação das empresas

Mas, apesar da “separação no papel”, as empresas ainda dividem o mesmo teto no Mobile World Congress, evento de tecnologia móvel que ocorre esta semana em Barcelona. Os estandes de Sony e Ericsson ficam um de frente para o outro e a empresa japonesa aproveita a edição deste ano no evento para reforçar sua aposta no sistema Android, do Google.

“Há algumas conversas com a Microsoft sobre a possibilidade de adotar o Windows Phone. Mas, caso isso aconteça, será só em 2013 ou depois disso. No momento estamos fechados com o Android”, disse Rômulo Carvalho, diretor de vendas da Sony Mobile para o Brasil, ao iG .

Os destaques do estande são os aparelhos Xperia P e U , anunciados nesta edição do MWC, além do Xperia S , anunciado em janeiro na Consumer Electronics Show 2012. A Sony também promove na feira seu recém-lançado portátil Playstation Vita e mostra recursos de integração de smartphones a TVs.

PS Vita é um dos aparelhos em exposição no estande da Sony
ig
PS Vita é um dos aparelhos em exposição no estande da Sony

Uma das áreas de mostra um smartphone Xperia P ligado por meio de HDMI a uma TV, que replica o conteúdo da tela do celular. Usando o controle remoto da TV é possível navegar pelos recursos do celular e exibir, na tela da TV, conteúdo guardado no aparelho.

Já a Ericsson tem umas das maiores áreas do MWC, com vários estandes de empresas parceiras, auditório para palestras e dois buffets. A empresa escandinava, uma das maiores do mundo na área de infraestrutura de telecomunicações, aproveita o evento para estreitar relações com parceiros e demonstrar novas soluções para o mercado corporativo.

*O jornalista viajou à Barcelona a convite da Nokia.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.