Jefferies afirma que as preocupações com os componentes da tela são exageradas

As preocupações com o fornecimento de componentes para o novo iPad, da Apple, estão sendo "exageradas", afirmou a consultoria Jefferies, acrescentando que a empresa deve produzir entre 12 milhões e 15 milhões de tablets no trimestre.

Leia mais:
Primeira leva de iPads está esgotada no site da Apple
Novo iPad tem tela de alta definição e chip mais rápido

Novo iPad possui tela com alta definição conhecida por Retina Display
Getty Images
Novo iPad possui tela com alta definição conhecida por Retina Display
O iPad de terceira geração apresenta tela de definição mais alta, conhecida como Retina Display, e alguns especialistas e blogs do setor de tecnologia afirmaram que a empresa poderia enfrentar escassez no suprimento de telas, em curto prazo.

No entanto, Peter Misek, analista da Jefferies, afirmou que as preocupações com as telas de melhor definição para o iPad eram infundadas porque os fornecedores da Apple ampliaram a produção.

"A despeito das preocupações generalizadas, acreditamos que haverá telas em número suficiente para os novos iPads", disse Misek, que elevou o preço-alvo para as ações da Apple a US$ 699.

As ações da Apple chegaram a ser negociadas com alta de US$5 na pré-abertura, depois de fecharem a US$ 552 na segunda-feira. Às 11h03 de Brasília ganhavam 0,84%, a US$ 556,25.

O valor intrínseco das ações, de acordo com a StarMine, é de US$ 668,50. O modelo de valor intrínseco da StarMine considera as projeções em geral otimistas dos analistas sobre o lucro por ação e se baseia no ritmo de crescimento assim calculado e nos dividendos para determinar a avaliação.

O novo iPad foi apresentado em 7 de março, com a celebração em geral associada aos lançamentos da Apple. Na segunda-feira, Gene Munster, analista da Piper Jaffray, estimou que a Apple poderia vender bem mais de um milhão dos novos tablets no dia do lançamento, se todas as pré-encomendas se convertessem em compras. Até o momento, a Apple estima ter vendido 55 milhões de tablets, 15,43 milhões deles no quarto trimestre de 2011.

Misek, que recebe classificação cinco estrelas da StarMine, uma divisão da ThomsonReuters, pela precisão ao prever os ganhos da Apple, também disse que a companhia deve lançar o televisor iTV, que vem gerando muita especulação, antes do fim do ano.

O analista afirmou que a Apple deve começar a produzir a iTV em maio ou junho, para lançamento no quarto trimestre.

(Por Himank Sharma)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.