Empresa aumentará o preço de seus serviços, mas espera equilibrar seu crescimento até o fim do ano

Por Guilherme Abati

A Netflix planeja aumentar o preço por seus serviços a partir do começo do segundo semestre desse ano e já espera um queda de rendimento por isso.

Siga o iG Tecnologia no Twitter Siga o iG Tecnologia no Twitter


A empresa (o maior serviço de aluguel de filmes online do mundo), que atingiu 25 milhões de assinantes e quebrou recordes tanto em receitas como em lucros no segundo trimestre desse ano, já conta com uma queda de rendimento futura como consequência de seus aumentos de preços.

Segundo nota do site Mashable , a empresa defende o aumento de preço e afirmou detestar deixar seus assinantes descontentes pela decisão, mas sentem que por fornecer um serviço de qualidade e por estarem trabalhando duro para melhorar a qualidade de seu conteúdo streaming, o aumento é razoável.

A Netflix está planejando perder alguns assinantes no terceiro trimestre, mas acredita que no último trimestre já esteja com o crescimento retomado.

Além disso, a Netflix está planejando lançar sua integração com Facebook no próximo trimestre.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.