Fatia no mercado de smartphones caiu de 39% para 25,5%

HELSINQUE - A Nokia decidiu reduzir neste mês o preço dos smartphones de seu portfólio, em uma tentativa de desacelerar o declínio de sua participação no mercado, disseram duas fontes do setor nesta terça-feira.

Siga o iG Tecnologia no Twitter Siga o iG Tecnologia no Twitter

Uma das fontes com conhecimento direto dos preços praticados pela Nokia disse que o modelo carro-chefe da companhia, o N8, o telefone multimídia C7, assim como o E6, cujo foco é corporativo, tiveram os maiores cortes, de cerca de 15%.

Outras reduções de preços foram menos significativas, disseram as fontes.

"Não há cortes de custos muito grandes por modelo, mas a escala, em todo o portfólio, não é vista há muito, muito tempo", disse uma das fontes, que trabalha em uma operadora de telecomunicações europeia.

Um porta-voz da Nokia se recusou a comentar sobre preços específicos e disse que as mudanças são parte da rotina de seus negócios. "São negócios como os de costume", disse.

A companhia finlandesa deve reportar perdas no segundo e terceiro trimestres deste ano, conforme sua linha de smartphones perde mercado rapidamente para aparelhos rodando a plataforma Android, do Google.

A fatia da Nokia no mercado de smartphones caiu para 25,5% no primeiro trimestre ante os 39% do mesmo período um ano antes, de acordo com o Gartner, e muitos analistas esperam novas quedas na ação da empresa em 2011.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.