Aparelho será lançado em um país, ainda não revelado, e depois levado para outros, segundo entrevista do CEO da Nokia na China

Imagem da apresentação do
Reprodução
Imagem da apresentação do "Sea Ray", primeiro smartphone da Nokia com Windows Phone
A Nokia lançará seu primeiro smartphone com o sistema operacional Windows Phone, desenvolvido pela Microsoft, durante o último trimestre de 2011, de acordo com entrevista de Stephen Elop, CEO da Nokia, ao site chinês All Nokia . O executivo, no entanto, manteve em segredo qual será o primeiro país a receber o lançamento que, possivelmente, deve ser o "Sea Ray" , mostrado pela primeira vez em junho.

"Parte do que estou fazendo na China agora é conversar com as operadoras para determinar qual é o melhor momento para lançar os aparelhos por aqui", diz Elop. Segundo o executivo, a empresa tem metas de vendas, não reveladas, mas que acredita que "os aparelhos serão um sucesso pelas funcionalidades únicas trazidas pela Nokia e pela Microsoft".

Segundo o executivo, além dos recursos oferecidos pela plataforma Windows Phone, os aparelhos terão recurso exclusivos da Nokia nas área de mapas e navegação. Provavelmente estes recursos serão os já existentes na plataforma Ovi Mapas, da Nokia, incorporados aos serviços oferecidos pela Microsoft por meio do aparelho.

Elop também afirmou que a Nokia está "muito animada com a disponibilidade do N9, primeiro smartphone com o MeeGo", sistema operacional desenvolvido pela empresa em parceria com a Intel. Sobre os desenvolvedores, Elop afirmou que a Nokia garante que "suas aplicações poderão chegar a um grande número de pessoas", com base nas altas vendas de aparelhos da marca em todo o mundo.

Estratégia do Google ao comprar Motorola ainda não está clara, diz Elop

O CEO da Nokia também falou sobre o negócio entre o Google e a Motorola , firmado no início de agosto. Segundo ele, é difícil prever qual será a estratégia da empresa ao comprar uma fabricante de hardware. "É muito difícil para mim entender. Acho que só com o tempo vamos entender melhor a estratégia deles", disse Elop. Confira no vídeo abaixo (em inglês) a entrevista completa de Elop:

No caso de uma possível aquisição da Nokia pela Microsoft, Elop afirma que vê a empresa "forte no futuro", mas que ela continuará sendo uma empresa só. Ele aproveitou para afirmar que não adianta detalhes estratégicos da parceria com a Microsoft.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.