Usuários dispensam conexão 3G dos aparelho para evitar preço alto e contratos de fidelidade com operadoras

Cerca de 90% dos tablets vendidos nos Estados Unidos suportam apenas conexão Wi-Fi, de acordo com dados de um novo estudo divulgado pela consultoria Shetan Charma . As informações do mercado, colhidas até o terceiro trimestre de 2011, mostram que os usuários dispensam a conexão 3G ou 4G dos aparelhos na hora de comprar o tablet.

Tablets só com Wi-Fi representam a maior parte das vendas nos EUA
Reprodução
Tablets só com Wi-Fi representam a maior parte das vendas nos EUA

De acordo com o gráfico, as vendas de tablets com conexão 3G + Wi-Fi crescem ao longo do tempo, mas em um ritmo menor do que as vendas de aparelhos só com Wi-Fi. Um dos motivos, de acordo com o analista que fez o estudo, é o preço da conexão de banda larga móvel, além da dispensa de contratos de fidelidade com as operadoras, que investem cada vez mais nas redes para suportar o crescimento do tráfego de dados com o aumento do uso de tablets.

Nos Estados Unidos, apesar de o preço pago pelo serviço de banda larga móvel ser mais baixo, as operadoras geralmente exigem contratos longos, de cerca de dois anos, para reduzir o preço do tablet na hora da compra. Como novos modelos de tablet são lançados pelas fabricantes com frequência maior, alguns consumidores podem dispensar a conexão 3G para ganhar a possibilidade de trocar o tablet mais rápido.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.