Regulador australiano acusa Apple de enganar consumidores com relação a recursos 4G do aparelho

SIDNEY - O novo iPad, da Apple, que foi recebido com alto número de vendas, encontrou um obstáculo na Austrália nesta terça-feira após um órgão regulador de problemas relacionados a consumidores acusar a empresa de realizar promoções enganadoras.

Leia mais:
Corte decide a favor da Apple para venda de iPad em Xangai
Apple tem novo revés contra tablet da Samsung na Holanda

A Australia Competition and Consumer Commission

Órgão disse que abrirá um pedido na quarta-feira a um tribunal federal contra a Apple
Getty Images
Órgão disse que abrirá um pedido na quarta-feira a um tribunal federal contra a Apple
exigindo que o órgão obrigue a Apple a garantir que os consumidores estavam cientes das reais capacidades técnicas do aparelho, corrija seus anúncios e restitua o dinheiro a quaisquer compradores afetados pela publicidade enganosa.

As promoções da Apple para o iPad com tecnologia Wifi e 4G afirmam que compradores podem se conectar a uma rede de dados 4G na Austrália com um cartão SIM, mas esse não é o caso, disse o órgão regulador em nota.

Um porta-voz da Apple em Sidney não pode ser contatado. A Austrália tem apenas uma rede 4G, operada pela empresa dominante de telecomunicações Telstra, mas a rede se encontra numa parte diferente do espectro de comunicações que não pode se conectar ao iPad.

Embora o iPad seja o claro líder de mercado e a nova versão, com seus chips mais rápidos, wireless de quarta geração e display de melhor resolução, deva apenas cimentar a liderança da Apple, a jornada não tem sido tão suave para a empresa.

A Apple está travando uma batalha legal com uma empresa chinesa sobre os direitos da marca registrada do iPad em um de seus mercados de maior crescimento.

(Por Narayanan Somasundaram)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.