Entre os entrevistados, 16% tiveram dados financeiros roubados por hackers

A McAfee divulgou nesta quarta-feira (23/11) uma pesquisa feita pela TNS Research no Brasil neste mês de novembro, com mais de 600 adultos. Entre as pessoas pesquisadas, 61% disseram achar que que os vírus são capazes de danificar diretamente peças do computador, o que não é verdade. O processamento adicional causado pela atividade dos vírus, em tese, pode causar superaquecimento nas peças. Mas, fora este caso, vírus não causam danos físicos a peças de computador

Em outros aspectos de segurança, os entrevistados se saíram melhor. 68% das pessoas pesquisadas afirmaram saber que podem ser infectadas apenas ao visitar um site ou conectar um dispositivo na entrada USB do computador. Além disso, a maioria (61%) sabe que dados transmitidos pela rede Wi-Fi podem ser interceptados por hackers.

A TNS também divulgou que 49% dos entrevistados já tiveram o computador danificado por vírus, 16% perderam dados financeiros, como senhas de conta e números de cartão de créditos, e 29% tiveram o perfil de alguma rede social invadida.

A maioria dos entrevistados (85%) afirmou que seus computadores nunca foram invadidos por hackers. Mas o diretor de contas da TNS, Alexandre Momma, observou que em muitos casos essa invasão ocorre sem o conhecimento do usuário.

Cresce o número de malwares para smartphones, diz McAfee
Getty Images
Cresce o número de malwares para smartphones, diz McAfee
Ataques aos smartphones

A McAfee afirmou ainda que o número de ameaças para dispositivos móveis ultrapassou a marca de 1.200 no último trimestre. Nesta semana, um dos principais engenheiros do Google afirmou que antivírus para smartphones são desnecessários e acusou as empresas de antivírus de tentarem vender programas inúteis para seus usuários.

A McAfee preferiu não comentar a afirmação do engenheiro do Google e disse que os números apontam esse crescimento das ameaças nos smartphones

Linha 2012 de produtos McAfee

Além das pesquisas, a McAfee aproveitou a oportunidade pra anunciar sua linha 2012 de produtos. Os produtos já estão disponíveis no site da empresa e no varejo a partir de R$ 59 para um usuário.

Segundo a McAfee, os produtos da linha 2012 são 52% mais rápidas do que a versão 2011. Entre os recursos do pacote de segurança estão backup dos arquivos na nuvem em HDs virtuais de 1 GB ou 2 GB (de acordo com o pacote adquirido).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.