Sun-Believable, nome dado ao produto, utiliza partículas semicondutoras e poderá transformar casas inteiras em painéis solares

Muitas residências e prédios comerciais já adotaram alternativas sustentáveis para terem energia elétrica como os painéis solares, que captam energia do sol. Os painéis solares se tornaram razoavelmente comuns, mas ainda assim são muito caros. Pensando nisso, pesquisadores da Universidade de Notre Dame (que apesar do nome fica nos Estados Unidos), desenvolveram uma tinta para paredes capaz de captar energia solar, a Sun-Believable.

A tinta , que utiliza partículas semicondutoras para produzir energia, é uma opção barata para transformar uma residência inteira em um grande "painel" de energia solar.

Os pesquisadores iniciaram o projeto com a tentativa de descobrir um mecanismo que fosse além da tecnologia solar baseada em silício. Para isso, a equipe se centrou em desenvolver nano partículas de dióxido de titânio, revestidas com sulfeto de cádmio ou seleneto de cádmio.

As partículas por sua vez foram misturadas em uma base de álcool-água para criar uma pasta. Quando a pasta é aplicada sobre um material condutor transparente e exposta à luz, ela é capaz de gerar energia.

Por enquanto, os pesquisadores conseguiram atingir apenas 1% de eficiência em conversão da luz em energia com a tinta, muito abaixo da eficiência energética de 10% a 15% dos painéis solares disponíveis no mercado.

“Mas esta tinta pode ser feita de forma barata e em grandes quantidades. Se pudermos melhorar a eficiência energética, poderemos fazer uma grande diferença encontrando outros recursos para as necessidades energéticas do futuro”, afirmou ao Science Daily Prashant Kamat, John A. Zahm, pesquisador do Centro de Nano Ciência e Tecnologia da Universidade de Notre Dame.

Os pesquisadores planejam agora estudar melhorias para tornar a Sun-Believable um material mais estável e eficiente.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.