Pesquisa realizada pela Intel mostra que brasileiros seguem tendência de individualizar uso do computador nas residências

Notebooks estão entre os eletrônicos mais desejados
Getty Images
Notebooks estão entre os eletrônicos mais desejados
Cerca de 20% dos lares localizados em capitais e regiões metropolitanas do Brasil já possem mais de um computador, de acordo com pesquisa da Intel divulgada hoje. Quando se fala na presença de, pelo menos, um computador, o percentual aumenta para 58%. Na classe C, pelo menos um computador já está presente em 56% dos lares. Na classe D, este número cai para 22%.

Os dados foram coletados em uma pesquisa da Intel, realizada em 16 capitais e regiões metropolitanas do Brasil. No total, foram entrevistadas 2.500 pessoas de todas as classes sociais, com idade entre 16 e 65 anos.

Entre as regiões abordadas pelo estudo estão São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Brasília - apontada como a cidade onde os notebooks estão presentes em mais residências (25%).

De acordo com o estudo, o brasileiro já acompanha a tendência de ter um PC para cada morador. Em pelo menos 9% das casas, o computador de mesa (desktop) já coexiste com um notebook. O primeiro, de acordo com o estudo, é usado como computador da família, enquanto o notebook é usado por apenas um dos moradores. Em cerca de 46% dos lares que possuem notebook, o uso desses aparelhos é individual.

A pesquisa aponta que 58% dos domicílios que possuem notebook também têm pelo menos um desktop. No caso dos domicílios com netbook, o total que também possui notebook é de 36%. Nas classes C e D, o percentual de lares que possuem mais de um computador ficou em 7% e 4%, respectivamente.

Computador é o eletrônico mais desejado

De acordo com a pesquisa da Intel, o computador é o eletrônico mais desejado pelos brasileiros. Quase 50% dos entrevistados afirmaram que sua próxima compra será um desktop, notebook ou netbook, enquanto que o total de pessoas que afirmaram querer comprar uma TV foi de 16% e o de interessados em comprar celulares com câmera ficou em 8%.

A classe A é a que tem mais interessados em comprar notebooks, com 28%. O desejo de compra deste produto, no entanto, também está presente na classe D, onde 11% desejam comprar um notebook.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.