Órgão sul-coreano investiga denúncia de concorrência desleal no mercado de dispositivos móveis

A Korean Fair Trade Commission (KTC), órgão que regula a concorrência no comércio da Coreia do Sul, invadiu, nesta quarta-feira, o escritório do Google em Seul, em meio às investigações sobre as denúncias de prática de concorrência desleal no mercado de dispositivos móveis, segundo uma pessoa a par do assunto, que não deu mais detalhes.

Leia mais : Apple supera Android em outubro no Reino Unido, diz pesquisa

Em setembro, autoridades antitruste do país já haviam invadido o escritório depois que os principais portais do país, NHN e Daum Communications, apresentaram uma denúncia à comissão acusando a Google de asfixiar deslealmente seus concorrentes no mercado de buscas a partir de aparelhos portáteis.

Veja também : Conheça o Google X, o laboratório secreto do Google

Na queixa, NHN e Daum Communications disseram que os smartphones Android já vêm de fábrica com a ferramenta de buscas do Google instalada como padrão e são "sistematicamente projetados" para impossibilitar a utilização de outro serviço. Procurado, o Google não estava disponível para comentar o assunto. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.