Playbook 2.0 não terá aplicativo de mensagens de texto

O PlayBook, tablet da BlackBerry, foi lançado recentemente no Brasil
iG São Paulo
O PlayBook, tablet da BlackBerry, foi lançado recentemente no Brasil
MONTREAL - A empresa fabricante dos smartphones BlackBerry, Research In Motion (RIM), anunciou nesta quarta-feira que adiará para fevereiro o lançamento do novo sistema operacional para seu tablet PlayBook .

O sistema operacional PlayBook 2.0 é considerado uma oportunidade de tornar o tablet da RIM mais atraente aos olhos dos fãs dos dispositivos da marca canadense, um território cada vez mais disputado pela Apple e pelos dispositivos que usam o sistema Android, do Google.

"Por mais que gostaríamos de tê-lo aqui hoje, tomamos a difícil decisão de esperar antes de lançar o sistema operacional BlackBerry PlayBook 2.0 até que tenhamos a certeza de que podemos alcançar as espectativas de nossos desenvolvedores e dos usuários", afirmou o vice-presidente executivo de tablets, David Smith, no blog da empresa.

A companhia completou que não incluirá a funcionalidade do sistema de envio de mensagens de texto no novo sistema operacional, como havia planejado inicialmente. O tablet PlayBook teve um desempenho medíocre no mercado desde seu lançamento em abril, enquanto sua rival Apple registrou altas vendas do tablet iPad.

A atualização do sistema de aplicativos do PlayBook tinha como objetivo integrar o e-mail, o calendário e as funções da agenda de contatos, além de permitir que os tablets funcionassem em sincronia com os smartphones BlackBerry.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.