Notebook Série 7 mais barato custa o mesmo que o notebook da Apple e chega ao mercado americano em outubro

Versão mais avançada do notebook Série 7, da Samsung, chega mais barata que MacBook Air
Reprodução
Versão mais avançada do notebook Série 7, da Samsung, chega mais barata que MacBook Air
A Samsung apresentou hoje o notebook Série 7, um novo rival para o MacBook Air, fabricado pela Apple. O notebook chegará às lojas em duas versões, com telas de 14 ou 15 polegadas. Os produtos chegarão ao mercado com preços a partir de R$ 1.583 (US$ 999), similar ao preço da última versão do MacBook Air, lançado em outubro do ano passado.

Nem tão fino quanto o Série 9, notebook ultrafino lançado recentemente pela Samsung no Brasil por R$ 5 mil , o Série 7 terá preço intermediário. Apesar disso, o produto tem acabamento em alumínio, o que o mantém bastante leve. A máquina pode vir com processador Intel Core i5 ou i7 de segunda geração (Sandy Bridge), memória interna de 6 GB ou 8 GB, placa de vídeo AMD dedicada e bateria de Lithium com autonomia de nove horas.

Os notebooks Série 7 chegarão ao mercado americano em outubro e a versão mais avançada do produto custará R$ 2.060 (US$ 1.300), mais barata que a versão mais cara do MacBook Air, que custa R$ 2.536 (US$ 1.600). Entre as vantagens apontadas pelo fabricante está um novo sistema que permite inicializar (fazer boot) o computador mais rápido, em cerca de 19 segundos.

Tablet com Windows 7

A empresa também anunciou hoje um novo tablet com o sistema operacional Windows 7, o mesmo usado em computadores. Conhecido como Série 7 Slate, o aparelho tem tela de 11,6 polegadas e processador Intel Core i5 (haverá versões com processador Intel Core i3 e até Pentium disponíveis). O produto será vendido nos Estados Unidos com preços a partir de R$ 1.741 (US$ 1.099).

O produto vem com um teclado Bluetooth e uma base (dock) para apoiar o tablet que possui entradas USB e HDMI. A Samsung adicionou uma interface de software própria ao produto para otimizar o uso do Windows para telas sensíveis ao toque. Segundo o site Cnet , a nova interface permite navegar pelos aplicativos de maneira similar ao iPad.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.