Empresa fez a proposta na Austrália, um dos primeiros países onde a empresa conseguiu banir tablets da linha Galaxy

Galaxy Tab 10.1: vendas também estão proibidas na Europa e no Japão
Getty Images
Galaxy Tab 10.1: vendas também estão proibidas na Europa e no Japão
A Samsung registrou uma proposta para a Apple numa corte de Sidney (Austrália) para terminar com o processo entre as duas empresas em relação a uma patente da tela sensível ao toque usada nos tablets da linha Galaxy Tab. David Catterns, advogado da Samsung, não comentou qual seria a proposta, de acordo com site da Bloomberg .

Segundo a corte australiana, Steven Burley, advogado da Apple, afirmou que a empresa precisa de tempo para analisar a proposta. Se a Apple aceitar a proposta, a Samsung poderá voltar a vender o tablet Galaxy Tab 10.1 no país. A empresa está impedida de importar o produto para a Austrália desde o final de julho.

No processo, a Apple afirma que a Samsung violou suas patentes do iPhone e iPad na Austrália. Após o início do processo, as vendas dos produtos da Samsung envolvidos no processo ficaram suspensas no país, até que a corte verifique se as acusações da Apple são verdadeiras. O processo deve ser concluído em uma audiência entre as partes em 4 de outubro.

Além da proposta, a Samsung já havia concordado no início desta semana a retirar duas características do Galaxy Tab 10.1 que infringem patentes da Apple. Com isso, o processo passou a envolver apenas a tecnologia usada na tela sensível ao toque do tablet. A Apple também processa a Samsung na Coreia do Sul , Europa e Japão .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.