Erro do Microsoft Security Essentials já foi corrigido

Um erro no Microsoft Security Essentials, pacote de segurança da Microsoft, fez com que o programa identificasse o Google Chrome, navegador do Google, como um vírus. O problema foi identificado nesta sexta-feira (30), quando internautas se queixaram de problemas ao usar o Chrome após atualizar o Security Essentials.

No fim da tarde, a Microsoft publicou um comunicado em que admite a falha, detectada hoje pela manhã. A empresa explica que, por uma falha do Security Essentials, o Google Chrome foi erradamente identificado como vírus e bloqueado (em alguns casos, removido). A Microsoft afirma que já providenciou uma correção para a falha.

Para resolver o problema, basta atualizar o Security Essentials por meio do WIndows Update ou manualmente. A Microsoft publicou orientações para a atualização manual neste link .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.